Artigos / Opinião Santa Bárbara d´Oeste 

ARTIGO – O fim do dinheiro como conhecemos

*Por Christian Geronasso e Patrick Silva   Entre tantas revoluções pelas quais o dinheiro já passou, desde as moedas de ouro e prata ao cartão de crédito, voltamos agora a atenção para um movimento de mudança radical. Graças aos avanços tecnológicos, chegamos às criptomoedas. Tal qual as convencionais, as criptomoedas podem ser compradas e negociadas, e, a partir daí, serem utilizadas para adquirir desde serviços online até apartamentos, matéria-prima etc. No Brasil os estabelecimentos comerciais ainda resistem, mas ao redor do mundo alguns países já estão inclusive regulando a utilização…

Leia mais...
RMC 

Procon Responde: Um estabelecimento comercial pode se recusar a receber uma cédula danificada?

Muitas pessoas já receberam uma nota danificada e, ao tentar usá-la em um comércio, a cédula foi recusada pelo vendedor.   O Procon de Americana informa que a loja pode ou não aceitar o dinheiro e que o consumidor também tem o direito de não aceitar a cédula apresentada em más condições. As notas danificadas só valem para ser depositadas, trocadas ou utilizadas para pagamento em agência de qualquer banco, que a enviará ao Banco Central para ser destruída.   Outras notas também merecem a atenção do consumidor: as fragmentadas.…

Leia mais...