24horas Limeira 

Suzano firma parceria com Plug and Play para fortalecer presença em ecossistema global de inovação

Acordo amplia potencial de parcerias com startups do Brasil e exterior

 

A Suzano firmou parceria com a Plug and Play, uma das maiores plataformas de aceleração do mundo, para intensificar o processo de democratização da inovação em curso dentro da companhia. Maior produtora mundial de celulose e referência global na produção de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de árvores, a Suzano tem como objetivo estreitar relações com startups instaladas no Brasil e no exterior e estar ainda mais conectada às novas tecnologias em desenvolvimento ao redor do mundo.

 

“Estamos construindo um ecossistema de inovação interno que nos abrirá inúmeras possibilidades. Trabalhar ao lado da Plug and Play será fundamental nesse processo de desenvolvimento de um ambiente mais apropriado para a atração de novos parceiros e fortalecimento do conceito de Open Innovation na organização”, afirma o Head de Digital da Suzano, Alexandre Cezilla.

 

A Suzano será uma das apoiadoras da Plug and Play no processo de instalação do primeiro escritório da parceira na América Latina. Sediada no Vale do Silício, nos Estados Unidos, a plataforma de aceleração irá inaugurar o novo endereço, em São Paulo (SP), no próximo dia 18 de setembro.

 

“A parceria entre Suzano e Plug and Play, duas organizações líderes de mercado, fortalecerá nossos esforços para buscar soluções inovadoras em todo o mundo e assim auxiliar a indústria de papel e celulose a ser mais eficiente, não apenas no Brasil, mas em escala global. Estamos ansiosos para obter grande sucesso entre nossas duas organizações, à medida que continuamos a nos envolver com a comunidade global de startups”, mencionou Saeed Amidi, CEO e fundador do Plug and Play Tech Center.

 

Uma das prioridades da Suzano com a acordo é ajudar a promover o empreendedorismo local a partir do desenvolvimento de novos parceiros. A Plug and Play iniciará as operações no Brasil com o foco em dois setores relevantes para a economia nacional: Foodtech (cadeia de alimentos) e Agritechs (agronegócio), no qual se encaixa a Suzano, e Fintechs (sistema financeiro).

 

 

Sobre a Suzano

Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

 

 

Comentários

Notícias relacionadas