RMC 

Secretário sinaliza adesão a novo esporte em Americana


O secretário de Esportes de Americana, Osvaldo Klein Neto, o Foca, sinalizou positivamente a difusão e implantação do Projeto Corfebol, modalidade esportiva semelhante ao basquete, no currículo das escolas americanenses. A sugestão partiu do vereador Welington Rezende (PRP).

 

Em reunião com o secretário esta semana, Rezende apresentou o projeto e seus benefícios, como a inclusão social e formação cidadã de jovens.

 

O esporte, originado na Holanda e criado em 1903, ganhou força mundial.

“Fomos propor mais uma modalidade esportiva para a população de Americana, modalidade essa que só tem realçado sua importância e força no meio esportivo mundial. O nome de Americana já foi divulgado e apresentado ao mundo através do Corfebol. A cidade é pioneira nesse esporte no Estado de São Paulo”, destacou o parlamentar.

 

Rezende recebeu em seu gabinete a representante da Federação de Corfebol do Estado de São Paulo, Luciana Coelho Bortoleto. Luciana explicou que o esporte colabora na formação pessoal dos jogadores; o esporte é praticado com uma bola e cesta sem tabela; são quatro homens e quatro mulheres por equipe (homens marcam homens e mulheres as mulheres) e o objetivo é fazer a cesta, instalada a 3,5 metros de altura; o Corfebol exige exatidão e cálculo para arremesso e pode ser praticado na grama, areia ou quadra poliesportiva; e as regras do jogo conduzem os atletas a terem respeito ao próximo e requer compromisso coletivo.

 

“O grupo americanense tem feito um trabalho espetacular com os jovens envolvidos, participando inclusive de campeonatos internacionais”, finalizou Rezende.

 

Assessoria 

 

Comentários

Leia também...