Saúde: mais de 2 mil vacinas são atualizadas em S. Bárbara

O Programa Saúde na Escola (PSE), realizado em parceria entre as secretarias de Saúde e de Educação de Santa Bárbara d’Oeste, avaliou mais de nove mil carteiras de vacinação nas escolas da rede municipal de ensino desde a sua implantação. Por meio das ações do Eixo de Saúde Vacinal, das carteiras avaliadas dos alunos do berçário aos 5 anos, 2.294 estavam atrasadas.

A primeira ação foi realizada durante a Semana Saúde na Escola em 2013, quando as carteiras de vacinação passaram a ser solicitadas junto com os documentos de matrícula e o cartão SUS, como forma de busca ativa das carteiras desatualizadas. Os pais foram orientados a procurar a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima para atualização das mesmas, uma vez que o esquema de vacinação pode ser completado independentemente do tempo decorrido desde a última dose da vacina administrada.

O coordenador da Vigilância Epidemiológica, Aparecido Donisete Paulino, explicou que essa rotina de avaliação das carteiras de vacinação será mantida sempre no período de matrículas. “Nas creches, a carteira será solicitada mais uma vez na metade do ano, já que nessa faixa etária o calendário oficial do Ministério de Saúde recomenda várias vacinas e as doses vão sendo mais espaçadas conforme a criança cresce”, destacou.

Paulino ressaltou ainda a importância do documento e os benefícios da atualização. “A carteira de vacinação é um documento importante sobre o histórico de saúde da criança e contém também informações sobre os testes realizados na maternidade logo após o nascimento do bebê, portanto deve ser muito bem guardada pela família até a adolescência e vida adulta”, completou.

Foto: Arquivo

Assessoria de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas