Piracicaba Saúde 

Saúde confirma segundo caso de Zika vírus em Piracicaba


A Secretaria de Saúde de Piracicaba informa que foi confirmado nesta segunda-feira (15) um segundo caso autóctone de Zika vírus no município.

A paciente é uma gestante com 16 anos de idade, moradora da região Oeste do município, que apresentou os sintomas (exantema, febre, artralgia, prurido, cefaleia e mialgia) no fim de janeiro, quando estava na 13ª semana de gestação. Atualmente, ela encontra-se na 19ª semana de gestação.

Acompanhada por médico de seu plano de saúde, a paciente apresenta exame de ultrassom morfológico com resultado normal, inclusive em relação ao perímetro cranioencefálico do bebê.

O médico que acompanha a paciente foi orientado pelo pediatra Rogério Tuon, coordenador do Pacto pela Redução da Mortalidade Infantil em Piracicaba, a realizar novo exame nos próximos dias e a paciente passa a ser acompanhada também pelo Pacto, conforme protocolo estabelecido pela Secretaria de Saúde do município.

Não há, até o momento, registro de casos de microcefalia associados ao Zika vírus no município de Piracicaba.

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) já realizou ações de bloqueio mecânico e químico no local de residência da paciente e irá fazer um pente fino na região para eliminação de criadouros.

A Secretaria de Saúde pede a colaboração de toda a população na vigilância de suas residências, já que 90% dos focos do Aedes aegypti estão dentro das casas.

Até esta segunda-feira (15 de fevereiro), 17 gestantes que apresentaram exantema (manchas avermelhadas) são monitoradas pelo Pacto, sendo dois casos confirmados de Zika, um de dengue e 14 aguardando resultados de exames.

Outros 33 casos suspeitos de Zika em não gestantes são investigados no município e aguardam resultados de exames.

 

 

 

Prefeitura Municipal de Piracicaba

Comentários

Leia também...