fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

24horas Brasil / Mundo Variedades

Sardelli e Denis assinam convênio do Centro Dia para Idosos: R$ 500 mil

O deputado estadual Chico Sardelli e o prefeito de Santa Bárbara d´Oeste, Denis Andia, ambos do PV, estiveram hoje à tarde (29/04) com o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Rodrigo Garcia, assinando convênio para construção de um Centro Dia para Idosos na cidade. O governo vai liberar R$ 500 mil para esse projeto.

De acordo com Andia, a Prefeitura vai ceder a área e o Estado fará a construção. O custeio do Centro para Idosos e os funcionários também serão mantidos pelo município. Na próxima semana acontecerá uma reunião na Drads (Diretoria Regional de Assistência Social) de Campinas para discussão de questões técnicas.

“Estamos muito felizes com a assinatura desse convênio e agora vamos acelerar a parte documental para agilizar o processo. A Prefeitura tem 30 dias para apresentar os documentados solicitados pelo governo e neste período também vamos definir a área”, explicou o prefeito. Ele disse que o local deve atender em torno de 50 idosos.

“Agradecemos o empenho do deputado Chico Sardelli e vamos continuar batalhando junto ao governo do Estado para recebermos outras unidades como essa, podendo receber um número maior de idosos”, comentou.

O Centro Dia para Idosos é um projeto coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds), que apoia municípios para a implantação de espaços de acolhimento, proteção e convivência de idosos semidependentes, com idade igual ou superior a 60 anos que se encontram em situação de vulnerabilidade social, cujas famílias não tenham condições de prover cuidados durante todo o dia ou parte dele.

“O Centro Dia proporciona, além de cuidados, atividades de lazer, bem-estar, convivência com outras pessoas, sem a necessidade de abrigamento.  No final do dia, eles voltam para seus lares e não ficam privados do convívio com suas famílias. É uma grande satisfação trazer esse projeto para a cidade de Santa Bárbara”, destacou Sardelli.

Comentários

Deixe uma resposta