Brasil / Mundo Esportes 

Rumo ao quinto ano na Turquia, Chico, ex-Palmeiras, avalia pré-temporada do Antalyaspor com direito a treino com bicicleta

O zagueiro/volante Chico está em ritmo acelerado de preparação visando mais uma temporada no futebol turco. Ele chegou ao país no início do segundo semestre de 2014 para defender as cores do Gaziantepspor e, desde 2015, atua no Antalyaspor.

Para esta temporada, o Antalyaspor, que recentemente foi treinado pelo brasileiro Leonardo, mudou a sua comissão técnica. Quem está no treinando a equipe é Bulent Korkmaz. Em virtude desta mudança, a pré-temporada é fundamental na opinião de Chico. “Vem sendo um período muito bom de treinamentos. Estamos nos adaptando as ideias do novo treinador e esse tempo de trabalho será fundamental para estarmos prontos taticamente e tecnicamente visando a disputa do Campeonato Turco”, explicou o jogador de 31 anos e que no Brasil defendeu as camisas do Atlético Paranaense, Coritiba e Palmeiras.

A estreia do Antalyaspor na edição 2018/2019 da elite do Campeonato Turco será no próximo dia 11 de agosto, fora de casa, diante do Kayserispor. Enquanto a data não chega, o time vermelho e branco vai realizando amistosos. Ontem (quinta-feira), por exemplo, superou o Fortuna Sittard por 1×0. Chico participou de 45 minutos do sucesso. “Foi nosso primeiro jogo da pré-temporada e foi muito importante iniciarmos vencendo, sem sofrer gol. A cada dia vejo uma evolução na equipe, estamos se adaptando bem ao novo método de trabalho e temos tudo para fazermos uma grande temporada”, declarou o defensor, que tem 61 jogos pelo Antalyaspor.

Um dos trabalhos que vem chamando atenção na pré-temporada do Antalyaspor é que os jogadores e membros da comissão técnica vão para o treinamento de bicicleta. Chico explica que a logística faz parte da pré-temporada. “Estamos concentrados num hotel e treinamos num bosque. Essa nossa ida aos treinos de bicicleta foi muito bacana. Ajuda no aquecimento, leva um clima descontraído e de união no elenco. É um trecho curto, de aproximadamente dois quilômetros, mas que ajuda nessa interação do grupo”, explicou o brasileiro.

Foto: Divulgação/Antalyaspor
AV Assessoria

Comentários

Leia também...