Limeira 

Rotaract Club de Limeira reúne deficientes em baile inclusivo

O Rotaract Club de Limeira realizou neste domingo (18/02) a primeira edição do Baile à Alegria: Comemorando a Inclusão. A ideia foi oferecer momentos de descontração para deficientes físicos e intelectuais do município.

 

Cadeirantes, autistas e pessoas com síndrome de Down se divertiram juntos, um momento raro já que são poucas as oportunidades em que as diferentes deficiências se encontram.

Muitos optaram por usar fantasias e dançaram animados em uma tarde regada a pipoca, cachorro quente, algodão doce, sucos e refrigerantes. Também não faltaram os tradicionais confetes e serpentinas.

 

Participaram atendidos da Associação Amigos Especiais de Limeira (AEL), Associação Integrada de Deficientes e Amigos (AINDA) e Associação Limeirense de Autismo Mundo Melhor (ALAMM).

 

Kédima Silva, gerente da AINDA, elogiou a iniciativa do Rotaract. “Fazemos os eventos nas entidades, mas quando a ideia parte da sociedade civil organizada nossa alegria é imensa. É sinal de que há muita gente consciente sobre a importância da inclusão”, comemorou.

 

O presidente da AEL, Cláudio Ferraz, destacou a troca de experiências entre os participantes. “A cada dia sentimos que mais pessoas se juntam a nós na luta pela inclusão. Sempre que alguém levantar esta bandeira, a AEL estará presente apoiando”, afirmou.

 

A presidente do Rotaract Club de Limeira, Amanda Tavares, relata que o encontro deixou os jovens que fazem parte do grupo muito emocionados. “Sentimos que a deficiência não é barreira para sorrir, ser feliz, amar e brincar. As limitações existem, mas nos fazem únicos e nos tornam extraordinários”, destacou.

Comentários

Leia também...