SB24Horas

Notícia na hora certa!

Rodovias devem receber quase 3 milhões de veículos durante o feriado prolongado de Finados

Rodovia Castello Branco_Foto CCR

A estimativa é da ARTESP, Agência de Transporte do Estado de São Paulo. Serviços operacionais serão intensificados para garantir agilidade assistencial e maior segurança durante as viagens

 

Com o feriado prolongado de Finados, celebrado em 2 de novembro, a expectativa é que, entre sexta (29/10) e terça-feira (2/11), quase 3 milhões de veículos circulem pelos principais corredores rodoviários que ligam a capital ao interior e litoral paulista: Anchieta-Imigrantes, Ayrton Senna-Carvalho Pinto, Castelo Branco-Raposo Tavares e Anhanguera-Bandeirantes. Os dados são da ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo, que regula as concessionárias que administram as rodovias concedidas. Durante todos os dias do feriado, as ações de assistência rodoviária serão intensificadas em toda a malha concedida que abrange um total de 11,7 mil quilômetros de rodovias.

 

Para evitar congestionamentos, a Agência orienta os motoristas a programarem suas viagens, evitando os horários de maior movimento, previstos para sexta-feira (29) das 16 às 20 horas, sábado (30), das 8 às 12 horas e terça-feira (2), das 11 às 20 horas. Os motoristas podem ainda se planejar utilizando informações de tráfego das rodovias, disponíveis nos sites das concessionárias. Além disso, mensagens com orientações serão veiculadas nos painéis eletrônicos (PMVs) distribuídos pela malha concedida.

 

No Sistema Anchieta-Imigrantes, que dá acesso aos municípios da Baixada Santista, a estimativa da concessionária que administra o trecho é de 200 a 310 mil veículos em direção ao litoral. Já na Ayrton Senna – Carvalho Pinto são esperados 998 mil veículos (nos dois sentidos) durante os dias de feriado. No Sistema Castello-Raposo a expectativa é que o fluxo seja de 609 mil veículos. No Sistema Anhanguera-Bandeirantes devem circular 802 mil veículos, entre saída e chegada à capital, no período.

 

“Juntamente com as concessionárias, estamos reforçando nossas atividades operacionais e colocando à disposição do usuário todo o aparato assistencial para que, em caso de necessidade, o atendimento seja o mais rápido possível”, afirma Milton Persoli, diretor geral da ARTESP. “Nossa orientação é que os motoristas que vão pegar estrada se programem, dentro de suas possibilidades, e conduzam com consciência respeitando os limites de velocidade e as sinalizações para evitar acidentes.”

 

Em todas as rodovias haverá reforço no monitoramento, fiscalização, operação e manutenção dos equipamentos operacionais, como câmeras de TV, painéis de mensagem, veículos operacionais e em pessoal. Os Postos de Atendimento aos Usuários estarão abertos, com banheiros, álcool gel, material descartável, bebedouro e local de descanso prontos para receber os usuários atendendo aos protocolos sanitários.

 

 

Outros trechos

 

  • Rodoanel: A concessionária que administra o Rodoanel Mario Covas (trechos sul e leste) aguarda mais de meio milhão de veículos, sendo 381 mil no trecho Sul e outros 181 mil no trecho Leste. Já no trecho oeste a estimativa é de aproximadamente 1 milhão de veículos.

 

  • Tamoios: Para a Rodovia dos Tamoios, importante ligação entre o Vale do Paraíba e o litoral norte, estão previstos 154 mil veículos.

 

 

Antes de pegar estrada

 

  • Cuidados mecânicos: Verifique os itens de segurança, condições dos pneus, freios, luzes e limpadores de para-brisa. Se puder, faça um check-up na oficina mecânica de sua preferência antes da viagem.

 

  • Atenção ao volante: Mantenha uma distância segura dos outros veículos; dê passagem quando solicitado; nunca dirija após ingerir bebida alcoólica; ultrapasse somente com segurança.

 

  • Chuva e neblina: Em caso de condições adversas do clima, redobre os cuidados, reduza a velocidade e procure se guiar pelas faixas da rodovia. Lembre-se que os faróis baixos devem permanecer acesos e o acostamento só deve ser usado em caso de emergência. Nunca pare na pista.

 

  • Emergências: Anote o contato da concessionária que administra a rodovia por onde vai passar. Em caso de emergência, pare em local seguro e acione a concessionária para o atendimento.