24Horas Santa Bárbara d´Oeste 

Roda de Conversa discutira o documentário Quem Matou Eloá?

Após a realização da 8ª Caminhada pela Paz e Superação da Violência – Um Mundo sem Feminicidio,  realizada no último sábado doa 03 março e usar a Tribuna Livre da Câmara, o  Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos da Mulher de Santa Bárbara d’Oeste se prepara agora para mais uma edição da Roda de Conversa que será realizada na Acisb (Associação Comercial e Industrial) na sexta dia 09 de março a partir das 9h, onde o documentário Quem Matou Eloá de Lívia Perez, será debatido por especialistas.

O tema se transformou num documentário que aborda assuntos como o feminicídio e a espetacularização da mídia. O caso ocorreu em 2008 quando o ex- namorado Lindemberg Alves invadiu o apartamento de Eloá Pimentel, de 15 anos na época, e a manteve refém por cinco dias e por uma semana quase todos os canais abertos “cobriram” o fato ininterruptamente.

Para assistir o documentário e debater o que de fato ocorreu, foram convidados a dra. Olivia Fonseca, delegada titular da Delegacia de Defesa da Mulher de Santa Bárbara, o psicólogo Candido J. Flauzino,  mestrado e doutorado pela USP – Instituto de Psicologia no Programa de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano com o tema da morte. Flauzino foi o profissional responsável pela assistência psicológica aos amigos e aos alunos da sala de aula na escola onde a garota Eloá estudou. Danielle Moura, jornalista coordenadora do canal TV Educativa da Universidade Metodista de Piracicaba, pós-graduada em Marketing e mestranda do programa de pós-graduação em educação da Unimep  e Yonara Oliveira , mulher transexual, estudante de publicidade e propaganda, apresentadora do canal diversifique no youtube, militante pelo coletivo LGBT Crisálida de Americana. A Roda de Conversa terá a mediação da presidente do Conselho da Mulher de Santa Bárbara, Ione da Silva.

Exposição

Na quinta feira dia 07, o conselho volta a ocupar a Câmara Municipal da cidade onde algumas conselheiras estarão sendo homenageadas com prêmio Mulheres de Destaque do Ano e prestigia a exposição “Mulher Artista, Resista! Pelo Fim da Violência Contra a Mulher”.

A exposição faz parte das ações do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos da Mulher de Santa Bárbara d’Oeste no mês de Março, mês em que se comemora o Dia Internacional da Luta das Mulheres.

Reunindo as obras das artistas Gabrielle Maria, Gabriela Pyles, Giovana Angelo, Isa Whitaker , Vitoria Bueno e  Nicole Ramos de Souza (Nicolice), a exposição retrata o universo feminino, por meio de desenhos, pinturas, fotografias e bordados, além de expressar o desejo das mulheres do mundo todo de serem reconhecidas e valorizadas em seus talentos e capacidades. Essa exposição, segundo as organizadoras, também busca a reflexão sobre situações que envolvem os diversos tipos de violência contra a mulher. A Lei Maria da Penha tipifica a violência contra a mulher em cinco tipos: física, psicológica, sexual, patrimonial e moral.

Comentários

Leia também...