fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Entretenimento

Rafa Dias anuncia projeto solo internacional com single “We go hard”

Produtor começa a lançar “Salcity Sounds” hoje. Primeira faixa tem participações de Agent Sasco (colaborador de Kanye West & Kendrick Lamar) e Dfideliz

Rafa Dias agora assina como RDD. E seu primeiro projeto solo, o “Salcity Sounds” busca conectar os ritmos baianos com movimentos culturais e de business da música afro por todo o mundo. Sua ideia é que seu som chegue nas estrelas e o caminho vem sendo pavimentado. Com seu grupo, Àttooxxá,  fez “Elas gostam”, o hit do carnaval de 2018, participou dos principais festivais do país e como produtor, colaborou com nomes como Ludmilla, Pablo Vittar, Major Lazer e Anitta, totalizando até agora em mais de 120 milhões de plays/streams em suas produções.

Chegou a hora de RDD dar o passo mais ambicioso da sua trajetória e hoje, chega às plataformas digitais – através da MapMusic em parceria com a Altafonte – o primeiro single do seu projeto solo.  “We go hard” é a primeira faixa a ser disponibilizada de uma série de lançamentos com ritmos contemporâneos baianos. Neste caso, percussões Baianas se misturam com timbres do trap music, e conta com as participações do jamaicano Agent Sasco – que já trabalhou com Kanye West em “Yeezus” e Kandrick Lamar em “To Pimp a Butterfly” – e da grande sensação do Hip Hop nacional, o paulista Dfideliz (recentemente participou da faixa “Tá com o Papato” feat Anitta).

Sasco notou a potência da faixa já na primeira audição. “Logo que ouvi a batida, adorei a energia e o fato de não poder definir um gênero para aquilo”, diz. “Eu adoro que precisamos manter a distância do outro, mas podemos colaborar neste momento com um projeto mundial que engloba várias nacionalidades”, acrescenta Sasco.

Ouça aqui: https://links.altafonte.com/wegohard

 

Assista aqui: https://youtu.be/Xv0Ipu7vIGg

“Sempre trabalhei com a mesma gana e na busca constante por evolução. Procuro sempre seguir meus instintos e neste momento, sinto que estou destravando uma nova porta com novas possibilidades para fazer arte do jeito que acredito”, afirma RDD. “Construir pontes entre a cultura negra da Bahia/Brasil com o mundo é algo que estou explorando a fundo”, revela o produtor.

E quem gosta da música de Salvador, a cidade mais preta fora da África, pode já começar a se mexer para esperar os próximos lançamentos de RDD. Boas novas repletas de autenticidade e riqueza rítmicas estão por vir. É aquele papo… da Bahia para o mundo e o Salcity Sounds chegou para se espalhar.

Comentários