Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Rachell Luz lança videoclipe “Aparências”

O vídeo está disponível nas plataformas digitais nesta quarta-feira, dia 04 de setembro

 

Nesta quarta-feira, dia 04  de setembro, a cantora e compositora Rachell Luz lança em todas as plataformas digitais, o videoclipe de “Aparências”. A canção faz parte do álbum recém lançado “Ao Nordeste do Meu Coração”.

Aparências é uma composição de Cury e Ed Wilson , e estourou na voz de Márcio Greyck, em 1981. Foi hit nas principais rádios do país, sendo considerada a melhor música do ano pelo sistema Globo de rádio e TV.  A canção foi gravada em espanhol e tocada em países como Espanha e Portugal e  regravada por artistas como Fafá de Belém, Belchior Altemar Dutra e a orquestra de Ray Conniff, nos Estados Unidos.

 

“Ao Nordeste do Meu Coração” é um álbum que traz releituras de compositores como Nando Cordel, Fagner, Lenine, Zeca Baleiro e Zé Ramalho. O primeiro single, “Flor da Pele” conta com a participação do Zeca Baleiro, autor da canção e fez parte da trilha da novela “O Sétimo Guardião”, da rede Globo como tema dos protagonistas Luz (Marina Ruy Barbosa) e Gabriel (Bruno Gagliasso).

 

Rachell Luz iniciou sua carreira artística aos 15 anos como compositora, e aos 20 anos foi convidada para ser vocalista da banda de forró universitário “Forrueiros”.Em 2010 se mudou para os Estados Unidos, passando por Boston e Nova Iorque, se formando como cantora e compositora na Berklee College of Music em 2014. O seu primeiro álbum, Kell (2016), mescla influências da música brasileira com o pop norte americano.

 

Ao voltar para o Brasil, em 2016, Rachell passou a trabalhar como compositora, produtora e intérprete em gravações para filmes e séries de TV nacionais e internacionais, como Zé do Caixão, Apaixonados – O Filme, Entrando Numa Roubada, entre outros.

 

A cantora já dividiu o palco com grandes nomes da música, como: Marcos Valle, Guinga e Seu Jorge. Segundo a cantora, o seu trabalho possui influência de Marisa Monte, Gilberto Gil, Tim Maia e Elba Ramalho.

Comentários