Queda do PIB reduz oferta de emprego na indústria da RMC para os próximos trimestres

Redução no investimento das principais cadeias produtivas é apontada como causa por economista do Observatório da PUC-Campinas

O crescimento de 0,2% no PIB nacional, divulgado na sexta-feira (31) pelo IBGE, é inferior ao registrado no trimestre anterior e reforça o ritmo desacelerado da economia brasileira. A situação põe em xeque a perspectiva de investimento das principais cadeias produtivas da indústria – como o complexo automotivo, máquinas e equipamentos –, realidade que vai impedir a geração de novos empregos na Região Metropolitana de Campinas. É o que aponta um novo estudo do Observatório PUC-Campinas.

De acordo com a análise, a redução dos vínculos empregatícios nestas atividades ocorre desde 2014, o que possibilitou a recuperação da produção e da lucratividade no setor. Contudo, o economista Cristiano Monteiro, um dos responsáveis pelo estudo do Observatório, indica que o panorama econômico – marcado pela escassez de crédito e redução do consumo das famílias, baixa perspectiva de retomada das exportações, e gasto público estagnado – vai interromper o investimento destas cadeias, impactando ainda mais na criação de emprego formais.

“Não há uma tendência de forte recuperação do crédito, ao ponto de sustentar a recuperação dos gastos das famílias e, por consequência, da Indústria de bens de consumo duráveis. Os bancos estão levando em consideração os riscos sistêmicos, o nível de desemprego cada vez mais alto condicionando o poder aquisitivo. Com isso, os investimentos caem e as oportunidades de emprego desaparecem”, enfatizou o docente.

Observatório PUC-Campinas

O Observatório PUC-Campinas é responsável pelo monitoramento de dados socioeconômicos da Região Metropolitana de Campinas (RMC) e está, atualmente, amparado em quatro eixos temáticos: Atividade Econômica/Comércio Internacional; Emprego/Renda; Sustentabilidade/ Desafios do Milénio; e Indicadores Sociais. Os estudos se estruturam na seleção de indicadores e análise sistêmica de dados que podem ser usados em diversos setores da sociedade.

Departamento de Comunicação da PUC-Campinas

Comentários

Notícias relacionadas