Variedades 

Quais são as dúvidas mais frequentes sobre os hotéis

Tipos de hospedagem, horário de chegada e saída e possíveis multas são questões frequentes para quem vai viajar.

 

Seja para fazer uma viagem a trabalho ou a lazer, o momento de planejar onde ficar durante uma viagem é crucial. Nestas horas, a pessoa pode ter dúvidas sobre questões importantes, como localização do hotel, como fazer a reserva, tipo de hospedagem ou eventuais multas que o hóspede está sujeito a pagar.

 

A própria reserva online é uma dessas questões. A escolha deve levar em conta o tipo de quarto desejado, número de dias da estadia e o modelo de hospedagem. Outra dúvida frequente é sobre a quantia a ser paga em reservas de bebês e crianças pequenas.

 

Mas, enfim, como esclarecer estas dúvidas para fazer a melhor escolha de hospedagem possível? Se você já está começando a planejar a sua viagem e tem estas dúvidas, nós temos algumas informações que podem te ajudar.

Como fazer as reservas

Normalmente, as reservas podem ser feitas no próprio site do hotel em que se deseja ficar. Mas é também possível fazer este procedimento em sites de viagem, aqueles que comparam os preços dos hotéis.

 

As diárias são variáveis, isto é, é possível encontrar hospedagens mais baratas, só com a pernoite, e hotéis que oferecem outras comodidades como o café da manhã. Também é possível encontrar hotéis que oferecem outras refeições como o almoço e o jantar.

 

Crianças

As políticas variam de hotel para hotel, mas é comum que muitos dos estabelecimentos ofereçam desconto, ou mesmo isentem de pagamento de crianças de colo (de 0 a 6 anos). Os quartos, inclusive, podem ser equipados com berços apropriados nesses casos.

 

Pets

Já com animais de estimação, tais como cães e gatos, o procedimento costuma ser diferente. Os hotéis, normalmente, não aceitam animais de estimação. Caso o hóspede planeje viajar com seu animal, ele deve procurar se informar, por meio de contato telefônico ou e-mail, sobre a política do estabelecimento.

Pagamento da reserva

 

Uma vez escolhida a reserva, os sites especificam o momento em que o pagamento será cobrado. Ele pode acontecer tanto na hora da reserva, feito online e com valores mais em conta, ou o cliente pode garantir sua estadia com um número de cartão de crédito, deixando para efetuar o pagamento apenas quando chegar ao hotel.

 

Horário de check in e check out

 

O viajante deve estar atento aos horários de check in (chegada) e check out (saída) do hotel. Normalmente, o check in acontece após às 14 horas, quando os quartos ficam disponíveis para serem ocupados. Já o check out deve acontecer até às 12 horas do dia de saída do hotel.

 

Cada hotel tem sua política própria quanto a esses horários, sendo necessário que o hóspede se informe sobre as regras do estabelecimento escolhido. Há lugares, por exemplo, que permitem negociar a hora do check out, que pode se estender por mais algumas horas.

 

Horários de hotéis no exterior

O funcionamento em hotéis do exterior costumam seguir o mesmo padrão quanto aos horários. Uma dica importante, nesses casos, é lembrar de ajustar o relógio para o fuso horário local, a fim de evitar atrasos e problemas.

 

Cancelamento e multas

 

O procedimento padrão para confirmar a sua reserva é o envio da confirmação para o e-mail fornecido na hora do registro. Caso haja divergências quanto aos detalhes, ou se acontecer algum imprevisto com uma mudança de planos para a estadia, o hóspede deve estar atento às taxas de cancelamento ou modificação de hospedagem.

 

Valor a ser cobrado

Novamente, cada lugar terá sua política quanto ao valor a ser cobrado por essas alterações. No caso de alteração quanto à hospedagem, ou ao número de dias da estadia, o tipo de hospedagem ou acomodação diferente, será cobrado, além taxa determinada, a diferença entre valores para a nova configuração, caso ela exista.

 

Para ter reembolso completo

O Código de Defesa do Consumidor prevê que o cliente tem o direito de ser ressarcido, em valor integral, em caso de desistência da hospedagem. Esses casos serão amparados pela lei caso a desistência, assim como a solicitação de reembolso, aconteçam até um prazo máximo de sete dias após a compra.

 

Quando é possível cobrar multa

Já em casos de cancelamento da hospedagem pelo turista após este prazo de 7 dias, os estabelecimentos têm direito de cobrarem multas, desde que tudo esteja claro no contrato de especificação de contrato. O valor delas variam, mas podem chegar a uma diária, a ser cobrada no cartão de crédito fornecido no momento da reserva online.

 

Casos de no show

Outra situação passível de multa são em casos de no show, quando o hóspede não aparece na data estipulada, assim como não cancela sua estadia com antecedência. Nesses casos, é cobrada uma multa, geralmente no valor de uma diária.

 

As regras do hotel podem ser lidas nas Condições Gerais, que os próprios hotéis disponibilizam em seus sites. É recomendado que o viajante leia tudo antes de finalizar a reserva. É uma forma, afinal, de estar ciente das regras do estabelecimento, conhecendo melhor os deveres e direitos da sua estadia no hotel.

 

Comentários

Notícias relacionadas