Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Quais os principais gastos de um veículo?

Conheça os principais custos para manter o veículo em dia e em boas condições de uso.

 

Quem deseja comprar um carro precisa estar por dentro de todos os principais gastos que envolvem um veículo. Os custos vão desde a documentação do veículo, até manutenção e combustível. Os valores podem variar de acordo com o ano de fabricação do carro, modelo e outros fatores.

 

Além de pagar para ter o carro, existem diversas outras despesas mensais fixas e variáveis que o automóvel pode gerar ao longo do tempo. Todas são essenciais para manter o veículo em boas condições de uso e totalmente regularizado.

 

Aqui, vamos listar os principais gastos de um carro; confira abaixo:

Emplacamento e transferência do veículo

Os custos com o carro começam assim que você o compra. Além de pagar o valor do veículo, você precisa arcar com custos de documentação para colocar o carro em seu nome.

 

Para quem compra um carro zero, há a necessidade de pagar o emplacamento e os custos de documentação para regularizar a situação do automóvel. Já quem compra um carro usado tem de arcar com a taxa de transferência de propriedade, e, talvez, também com o emplacamento, para regularizar o veículo.

 

O pagamento dessas taxas acontece apenas após a compra do veículo, a não ser que você altere características do carro, como, por exemplo, mude a cor do automóvel, o que implica no pagamento da taxa de alteração de característica do veículo.

IPVA e licenciamento anual

O IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) é um tributo anual pago pela maioria dos donos de veículos. Cobrado no início do ano, o valor é calculado com base nos dados e características do veículo.

 

O imposto é pago junto da taxa de licenciamento anual, que varia de acordo com o órgão responsável da cidade. Ambos são fundamentais para que o veículo esteja regularizado e você possa rodar com a documentação em dia.

 

No Brasil, os estados impõem um período mínimo para isentar o carro do pagamento de IPVA. Esse tempo mínimo varia entre 10 e 15 anos de fabricação. No Rio de Janeiro, por exemplo, carros com 15 anos ou mais de fabricação não precisam pagar mais IPVA.

Combustível

Um gasto mensal fixo é o combustível. Afinal, para um carro andar, ele precisa estar abastecido. Os custos com abastecimento mudam conforme o modelo do veículo, os tipos de combustível que ele aceita e o mercado de combustíveis.

 

Pensando nisso, na hora de escolher um carro, dê preferência a um modelo que seja conhecido por ser econômico e que seja flex e GNV para aceitar um maior número de tipos de combustíveis. Isso tende a gerar economia, principalmente se você roda diariamente com o carro.

Manutenção

A manutenção preventiva do veículo também é um custo frequente para proprietários de carro. Para que um automóvel se mantenha em boas condições de uso, é necessário estar com as revisões em dia.

 

O custo com a manutenção varia de acordo com o uso e o modelo do veículo. Na hora da compra, a dica é fazer um test drive e contar com a ajuda de um mecânico de confiança para analisar as condições do veículo. Isso pode evitar que você tenha muitos gastos com manutenção logo após a aquisição.

Seguro

O seguro é um gasto mensal indispensável para qualquer carro. Os valores podem variar de acordo com o modelo e o ano de fabricação do veículo, além de outros fatores.

 

Além de cobrir roubos e furtos, os seguros automotivos costumam oferecer outros benefícios, como cobertura de danos a terceiros e fenômenos naturais, como enchentes, carro reserva, assistência 24h, entre outros.

Financiamento

Muitas pessoas optam pelo financiamento de veículos para comprar um carro. Se este é o seu caso, o financiamento será um custo mensal durante algum tempo. A dica para baratear o custo do financiamento é negociar as condições e dar o maior valor de entrada possível.

 

Um carro ainda envolve diversos outros gastos, como limpeza, estacionamento e garagem, por exemplo, porém os custos citados no texto são os principais para manter o veículo em dia. Então, faça as contas, pesquise bastante e encontre um modelo que seja viável para seu bolso e seu dia a dia.