fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Variedades

Quais os principais cuidados a se tomar com as redes sociais do seu negócio

Atualmente, os negócios dependem muito das estratégias on-line para se manterem ativos no mercado, sendo que as redes sociais estão dentre os principais canais para isso. Elas têm um impacto importante para a marca e o nome de uma empresa, por isso, precisam ser bem trabalhadas, evitando erros que podem desabonar a organização.

Isso pode acontecer, porque essas plataformas reúnem uma grande quantidade de pessoas, com os mais variados perfis de consumo. Um passo mal dado pode denegrir a imagem da marca, por isso, é necessário saber usar as redes sociais.

Seja Facebook, Instagram, Twitter, Youtube ou LinkedIn, todas podem ajudar ou atrapalhar os negócios, principalmente, se as ações executadas nesses meios não forem bem pensadas ou planejadas para o público-alvo específico. 

O problema é que muitos empreendedores ainda não sabem disso, o que acaba gerando uma sequência de erros, estes que trazem prejuízos variados para uma organização. Importante dizer que não basta apenas estar nas redes sociais, é preciso saber agir. 

Neste artigo, vamos falar sobre o impacto das redes sociais para os negócios, cuidados que precisam ser tomados, dicas do que não fazer, bem como, outras ideias que ajudarão a melhorar o engajamento.

Impacto das redes sociais para os negócios

A competição no mercado atual está cada vez mais acirrada, seja para uma fabricante de etiquetas personalizadas ou qualquer outra empresa.

Com isso, conquistar a preferência, a atenção e a confiança do público exige muito esforço e planejamento, o que também envolve estratégias voltadas para esse objetivo.

Quando se trata das redes sociais, é ainda mais importante estar atento, pois elas requerem ações bem executadas e planejadas, pois podem impactar a imagem e o nome de uma empresa.

No entanto, sem bem usadas, são excelentes canais para fortalecer a marca, conquistar a empatia dos consumidores e mais interatividade com eles.

Porém, estamos falando de elementos estáticos, pois algumas perdem espaço ou desaparecem, como aconteceu com o Orkut. No entanto, há outras que crescem continuamente, como o Instagram.

Além disso, elas mudam, acrescentam novas ferramentas e, com isso, a maneira como as pessoas interagem também sofre alterações.

Por isso, não basta que empresas de frete internacional e todas as outras estejam presentes nas redes sociais, é preciso saber como fazer isso, compreendendo sua dinâmica de funcionamento.

Isso fará com que a imagem da empresa seja positiva para os usuários e que o nome dela circule de uma ótima forma. Para isso, é importante se atentar a alguns cuidados.

Tenha atenção ao usar as redes sociais

Para não prejudicar a imagem da empresa, existem alguns cuidados básicos que precisam ser tomados. Afinal, ninguém quer ter anos de história destruídos por um pequeno e simples erro nessas plataformas. Entre os pontos de atenção, encontram-se: 

Expor opiniões políticas e religiosas

Empresas que não têm viés político ou religioso não devem se expressar quanto a esses assuntos. Esses temas geram muita polêmica e discussão e, ao englobarem a marca, prejudicam a imagem dela.

O ideal é fazer isso no perfil pessoal e não empresarial, pois muitas pessoas podem achar o conteúdo ofensivo e acarretar na perda de clientes que pensam diferente.

O perfil de uma empresa de projetos de moveis sob medida, por exemplo, contém publicações relacionadas aos assuntos pertinentes ao ramo de atuação, como:

  • Lançamentos de produtos;
  • Mercado de trabalho;
  • Atividades da empresa;
  • Descrição dos serviços.

Ou seja, fala daquilo que é relevante para a persona e que tenha relação com aquilo que é oferecido pela marca.

Fazer propaganda o tempo todo

O perfil também não é feito para se focar apenas em propagandas, pois isso esgota a paciência dos seguidores.

Obviamente, uma empresa de controle de acesso de pessoas pode usar as redes sociais para divulgar seus produtos e serviços, mas isso deve ser feito de maneira planejada.

Propagandas geram pouco ou nenhum engajamento, e é muito comum que as pessoas pulem ou ignorem um anúncio. Se a marca faz isso o tempo todo, ela será constantemente ignorada.

Portanto, é essencial diversificar as publicações, para que o público entenda que por trás do trabalho da empresa, também há a intenção de informar o leitor e trazer conhecimento de qualidade.

Conteúdo irrelevante para o negócio

Todo conteúdo postado nas redes sociais deve ter relação com o negócio, por exemplo, uma empresa de instalação de sistema de incêndio deve falar sobre assuntos que tenham a ver com o que ela faz.

As pessoas que a seguem querem ficar por dentro de informações a respeito do que ela faz, não de assuntos que não têm nada a ver.

Vamos imaginar, por exemplo, que uma pessoa comece a seguir o perfil de uma agência de viagens para obter dicas para uma viagem de férias, mas ao vasculhar o perfil, encontra publicações sobre engenharia.

Não tem o menor sentido e ainda vai dar a impressão de que a empresa é uma bagunça, não é confiável, portanto, perde totalmente a credibilidade e tem sua imagem prejudicada.

O que não fazer nas redes sociais?

Além de evitar as ações do tópico anterior, existem alguns erros de uso de redes sociais que devem ser evitados ao máximo. Dentre os principais estão:

Postar apenas elogios ao seu produto

É claro que qualquer organização, como as empresa de manutenção de gás têm orgulho de seu produto ou serviço. Por isso, elas investem em blogs para compartilhar conteúdos que destaquem o valor do que têm a oferecer.

No entanto, isso não significa usar argumentos que elogiem o produto o tempo todo, é necessário informar o consumidor. 

Dessa forma, o ideal é usar 80% do conteúdo para ser informativo e 20% para argumentos de vendas.

Não acompanhar resultados

Todas as ações de marketing digital podem ser acompanhadas, e com as redes sociais não é diferente. É necessário acompanhar os resultados e mudar aquelas ações que não trazem vantagens.

Não fazer isso é um tiro no pé, uma vez que a empresa continua investindo em ações que não trazem resultado nenhum, desperdiçando tempo, dinheiro e não agradando o público-alvo em nada.

Apagar comentários críticos

Recomenda-se apagar comentários com linguajar ofensivo, material inadequado ou spam. No entanto, as críticas (construtivas) e até reclamações devem ser bem-vindas.

Elas ajudam a empresa, como uma administradora predial, a melhorar os seus serviços. Ademais, o público percebe quando a página tem apenas comentários positivos, algo que é muito estranho, não é mesmo?

Dicas para aumentar o engajamento nas redes sociais

Agora que você já conhece algumas práticas negativas nas redes sociais e que podem prejudicar a imagem de um negócio, vamos falar um pouco sobre dicas do que você pode fazer para melhorar o engajamento. Algumas delas são:

1 – Conhecer o público

Para se comunicar adequadamente e oferecer o melhor conteúdo, é necessário conhecer o público no que diz respeito a:

  • Gênero;
  • Idade;
  • Localização;
  • Classe social.

Por meio dessas características é possível definir a buyer persona, facilitando o direcionamento e a comunicação nas redes sociais.

Sabendo o que e como falar com o público, ele passa a se identificar com a marca e se torna mais engajado com ela.

2 – Produzir conteúdo relevante

Os usuários das redes sociais estão constantemente em contato com uma enorme quantidade de publicações, feitas por empresas de etiquetas adesivas e muitas outras.   

Por isso, é importante trabalhar com conteúdos autorais que fortaleçam a imagem do negócio nas redes sociais. Antes de publicá-los, é importante revisá-los para entender se eles estão ligados à empresa e ao que ela oferece.

Os conteúdos relevantes aumentam o engajamento e fazem com que o perfil da marca esteja sempre no topo.

3 – Incentivar a interação

Há diversas maneiras de estimular a interação nas redes sociais. No Facebook, por exemplo, uma simples publicação pode levantar pautas que trazem questionamentos e gerem comentários.

No Instagram, uma excelente ferramenta para conseguir isso é a enquete. De qualquer forma, é importante desenvolver cada publicação pensando em como elas vão estimular a interação.

Os conteúdos devem ser amigáveis e acessíveis, além disso, responder aos comentários é essencial para obter engajamento e fazer com que o público se sinta mais próximo da empresa.

Conclusão

Estar nas redes sociais é muito importante para qualquer tipo de empresa. Inclusive, quando uma marca não é encontrada em nenhuma dessas plataformas, ela é considerada alienada e totalmente fora do alcance do público.

No entanto, é necessário bastante cuidado para administrá-las, evitando prejudicar a imagem da empresa de alguma forma, pois assim como elas podem promover um marca, também podem denegri-la, se não forem bem usadas.

Tudo vai depender da competência da empresa em gerir as redes sociais, bem como, alcançar resultados incríveis por meio delas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos. 

Comentários