Protestos de caminhoneiros fecham rodovias e Rodoanel em São Paulo

Ato é contra o valor do diesel e também contra a decisão do governo de cobrar pedágio dos caminhões por eixos

Protesto organizado por caminhoneiros bloqueia, nos dois sentidos, a rodovia Castello Branco, que liga a capital paulista ao oeste do Estado, e o Rodoanel Mário Covas, que liga a capital a outros municípios da região metropolitana. O ato é contra o valor do óleo diesel e também contra a decisão do governo do estado de passar a cobrar pedágio dos caminhões por eixos, mesmo quando trafegam suspensos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a manifestação começou às 5h e transcorre pacificamente. Não há previsão sobre quando a rodovia e o Rodoanel serão liberados. Segundo a concessionária a Via Oeste, que administra as rodovias, o Rodoanel está bloqueado na altura do km 45.

Já o congestionamento na Castello Branco ocorre no km 30. No sentido interior, há congestionamento do km 30 ao 13: a recomendação da polícia é que os motoristas utilizem a saída pelo Rodoanel. No sentido capital, o congestionamento se estende do km 30 ao 35. A orientação para evitar o bloqueio é sair pelos acessos situados nos km 54 ou km 32.

A rodovia Anchieta também foi bloqueada por caminhoneiros em ambos os sentidos. Com três carretas atravessadas na pista, eles interditam a estrada no sentido São Paulo, que tem apenas uma faixa liberada para veículos de passeio. No sentido litoral, dois caminhões ocupam a via na altura do km 23 e geram congestionamento até o km 21.

*com Agência Estado e Agência Brasil

Comentários

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta