fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Projeto Social desenvolvido pela diocese terá nome de Madre Celina


No próximo sábado, 9 de maio, às 10h, Madre Maria Celina da Imaculada Conceição será homenageada pela Diocese e Câmara de Vereadores de Piracicaba. Seu nome será dado para o Centro de Convivência Infantil, mantido pela Pasca (Pastoral do Serviço da Caridade), localizado na Avenida Frei Francisco Antonio Perin, 1.091, no bairro Novo Horizonte. O local passará a se chamar “Centro de Convivência Infantil Menino Jesus – Madre Celina”.

A solenidade de descerramento da placa de denominação e da foto de Madre Celina contará com a presença do bispo diocesano, Dom Fernando Mason, do prefeito Gabriel Ferrato, vereadores, padres, autoridades civis e amigos da religiosa.

Madre Celina fundou em 1956 o Mosteiro das Concepcionistas da Vila Rezende, em Piracicaba, local onde viveu na clausura até seu falecimento em 10 de setembro do ano passado.

O CCI – Centro de Convivência Infantil “Menino Jesus” é uma UPS (Unidade Prestadora de Serviço) projeto mantido pela Pasca, da Diocese de Piracicaba. O projeto visa proporcionar um espaço para o desenvolvimento saudável de crianças de seis a oito anos moradoras do bairro Novo Horizonte, com atividades lúdico-recreativas e de lazer, oficinas de cultura, arte e esporte, assim como promover espaços de convivência e fortalecimento de vínculos familiares. O projeto é desenvolvido de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, em horário complementar ao período escolar.

Biografia Madre Celina – Natural de São Paulo, onde nasceu em 13 de fevereiro de 1926 e recebeu o nome de Maria da Conceição de Souza. Ingressou no Mosteiro da Luz em São Paulo em 1949, com 23 anos. Em 1951 emitiu os votos religiosos e adotou o nome de Maria Celina. Fez parte do grupo das cinco irmãs pioneiras que, atendendo ao pedido de Dom Ernesto de Paula, vieram à Piracicaba para fundar o Mosteiro na cidade, em 15 de agosto de 1956. Em Piracicaba foi Vigária e Mestra de Noviças. Junto com Madre Maria Helena construiu o Mosteiro em terreno doado pelo prefeito da época, Salgot Castillon localizado na Av. Armando Cesare Dedini. Madre Celina tornou-se a Madre Abadessa em 9 de janeiro de 1979 após a falecimento da Madre Maria Helena do Espírito Santo, cargo que ocupou até sua morte em 10 de setembro de 2014.

 

Pasca –  Pastoral do Serviço da Caridade é uma entidade criada em 25 de janeiro de 1988, com o objetivo de dar personalidade jurídica e administrar os projetos e trabalhos sociais da Diocese de Piracicaba. É uma ONG (Organização não governamental) sem fins lucrativos, voltada para a promoção humana, tendo como base a Doutrina Social da Igreja e centrando-se na dignidade do ser humano, imagem e semelhança de Deus. O nome PASCA evoca a palavra latina PASCHA (páscoa), pois a entidade tem como objetivo a libertação integral do homem, realizada pela morte e ressurreição de Jesus. A PASCA é entidade membro da Cáritas Brasileira, organismo social da CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. As UPS são: SEAME – Serviço de Apoio ao Adolescente com Medida Socioeducativa, CCI – Centro de Convivência Infantil, ASEF – Apoio Socioeducativo Familiar, Bazar da Fraternidade, Banco de Remédios, GAAP – Grupo de Apoio a Adoção de Piracicaba (Doce Ação) e Programa Família Acolhedora.

 

Assessoria

Comentários

Dennis Moraes