Santa Bárbara d´Oeste 

Professores de Santa Bárbara D’Oeste, do Programa Caminhos para Cidadania, participam de palestra com educadora Luiza Christov


Professores de Santa Bárbara D’Oeste do Programa Caminhos para a Cidadania participaram na noite desta quarta-feira, 24, de palestra com a educadora Luiza Christov, doutora em Psicologia da Educação pela PUC/SP e pós-doutora pelas universidades de Barcelona e de Columbia. O evento, que aconteceu no Teatro Municipal Sylvia de Alencar Matheus, em Vinhedo, faz parte das atividades de formação de educadores do Programa, realizado pelo Instituto CCR, por meio da CCR AutoBAn, em parceria com a secretaria de Educação do município.

 

Na palestra, que teve o tema “Marcas do contemporâneo e o perfil do educador”, Christov falou sobre o papel dos professores na sociedade e como eles devem conciliar os desafios atuais, principalmente aqueles relacionados a dilemas como ser professor ou educador,  tempo de aprendizado do aluno e o tempo destinado para o ensino das disciplinas em sala de aula, por exemplo. Ela também propôs reflexão em relação à atuação do professor, que segundo a educadora deve ser um  ‘ensinador’, em função do conteúdo e das experiências que ensina;  aprendiz – porque também deve ter a humildade de reconhecer a necessidade de constante aprendizado -; comunicador, uma vez que utiliza da oralidade como ferramenta de trabalho; e profissional, por se tratar de uma atividade atribuída em função de um ciclo de preparação e estudo.

 

Em Santa Bárbara d’Oeste, o Programa Caminhos para a Cidadania envolve aproximadamente 3 mil e 400 alunos e 130 professores.

 

Mais sobre o Caminhos para a Cidadania

Desenvolvido em 258 escolas, o Programa Caminhos para a Cidadania, realizado há 14 anos pela CCR AutoBAn – concessionária que integra o Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo – mobiliza em média uma legião de 40 mil alunos e outros 1.600 educadores com o propósito de divulgar conceitos de educação ambiental e de trânsito. Com a parceria das secretarias municipais de educação, o programa está implantado em 15 cidades que margeiam o Sistema Anhanguera-Bandeirantes.

 

Sobre o Instituto CCR:

O Grupo CCR criou em 2014 o Instituto CCR, entidade privada, sem fins lucrativos, para estruturar a gestão de projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos apoiados há mais de dez anos pela empresa.  O Instituto CCR vai otimizar a utilização de recursos próprios da companhia e oriundos de leis de incentivo em projetos estruturados em quatro áreas: Saúde e Qualidade de Vida; Educação e Cidadania; Cultura e Esporte; Meio Ambiente e Segurança Viária. O Grupo CCR apoia o desenvolvimento sustentável, socioeconômico e cultural nas regiões onde atua, com a experiência de ter levado mais de 500 projetos para 120 cidades que, desde 2003, já beneficiaram 7 milhões de pessoas com investimento de R$ 185 milhões em projetos estruturados.

 

Sobre a CCR AutoBAn

A CCR AutoBAn é responsável, desde 1º de maio de 1998, pela administração do Sistema Anhanguera-Bandeirantes. A concessionária gerencia 316,8 quilômetros de rodovias, compreendendo a SP-330 (Via Anhanguera), de São Paulo a Cordeirópolis, com extensão de 147,04 quilômetros; a SP 348 (Rodovia dos Bandeirantes), de São Paulo a Cordeirópolis, com 159,67 quilômetros de extensão; a SP-300 (Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto), com extensão de 2,6 quilômetros e a interligação SPI-102/330 (Rodovia Adalberto Panzan), com extensão de 7,44 quilômetros. Foi a quinta concessionária a integrar o Grupo CCR.

Comentários

Leia também...