Procon de Campinas lança informativo virtual sobre “Black Friday”


No próximo dia 27 de novembro, sexta-feira, acontece o “Black Friday”, dia em que o comércio varejista oferece produtos com descontos expressivos, de até 70%, atraindo a atenção de boa parte dos consumidores brasileiros. Mas nem tudo são facilidades e, no intuito de auxiliar o consumidor a não cair em armadilhas, o Procon de Campinas preparou um informativo a respeito dos cuidados básicos a serem tomados antes e depois da compra das ofertas. O material está disponível no endereço eletrônico do órgão, http://www.procon.campinas.sp.gov.br/informativo-black-friday-2 .

 

De acordo com o diretor do Procon, Ricardo Chiminazzo, nos dias que antecedem o evento, deve-se verificar o preço convencional do produto, capturando telas ou imprimindo, se possível, e, no dia da promoção, observar se o produto adquirido encontra-se no rol dos bens incluídos. Normalmente, os sites costumam apontar quais itens fazem parte do Black Friday.

 

O Procon orienta o consumidor a analisar todas as ofertas e pesquisar se elas estão mesmo abaixo do preço. Isto porque pode acontecer, nesta época que antecede as promoções, determinados produtos terem seus preços elevados para, depois, voltar ao preço normal e ser anunciado como “com desconto”. Esta prática é conhecida como “maquiagem” de preço.

 

Outra dica é analisar se o site em que realizará a compra possui alguma loja física para resolver eventuais problemas, tomando o cuidado de anotar o endereço e os telefones para contato.

 

O Decreto Federal nº 7.962/2013, que regulamenta as compras fora do estabelecimento comercial, estabelece algumas regras para auxiliar os consumidores no momento da compra. Além das regras habituais sobre informação de preço e características dos produtos, os sites devem informar aos consumidores o CNPJ, endereço físico e telefone, por exemplo, para contato.

 

Os consumidores também podem consultar os órgãos de defesa do consumidor e verificar se o site em que realizará a sua compra integra a lista dos não recomendados. O Procon de Campinas tem uma lista com 168 sites disponível em sua página da internet.

 

O órgão orienta também a fazer uma lista dos produtos realmente necessários, para não cair na tentação e gerar superendividamento.

 

“É importante que os consumidores observam sua capacidade de pagamento antes de realizar compras que não poderão pagar no futuro. Manter um planejamento financeiro ajuda o consumidor a se organizar e não endividar a família”, ressalta Chiminazzo. O diretor lembra ainda que o Procon disponibiliza uma planilha para auxiliar o consumidor na organização do orçamento doméstico.

 

Outra preocupação que o consumidor deve ter, segundo o Procon, é com a política de troca das lojas físicas e virtuais. Nesses casos, a troca de produtos é uma liberalidade do fornecedor, ou seja, não é obrigatória. “Porém se a empresa ofertar a troca, é importante que o consumidor se informe sobre as regras para poder exercer o seu direito em tempo, em caso de problemas”, ressalta Chiminazzo.

 

Já, nas compras pela internet, o consumidor pode fazer uso do direito de arrependimento e desistir da compra até sete dias contados da entrega do produto ou da assinatura do contrato de prestação de serviço.

 

O “Black Friday” foi criado nos Estados Unidos como preparação para as vendas de varejo de Natal, e acontece na quarta sexta-feira de novembro, um dia após o feriado de Ação de Graças. No Brasil, o evento teve início em 2010 e repete a atividade como naquele país.

 

Em Campinas, os consumidores que se sentirem lesados devem entrar em contato com o Procon pelo telefone 151 ou pelos seguintes canais:

 

Aplicativo Procon Cidadão – Play Store

 

Site Procon: http://www.procon.campinas.sp.gov.br/fale-conosco

 

Unidade Poupatempo Centro – Av. Francisco Glicério, 935, 1º andar – Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h e sábados das 7h às 13h.

 

Unidade Poupatempo Campinas Shopping – Rua Jacy Teixeira de Camargo, 940, Jardim do Lago – Atendimento de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h e sábado das 8h às 14h.

 

Unidade Agiliza Campinas Barão Geraldo – Rua Luiz Vicentim, 195, ao lado da Subprefeitura de Barão Geraldo – Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

 

Agiliza UnidadeCampinas Sousas – Rua Humaitá, 144, Sousas, Campinas-SP – Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

 

Unidade Horto Shopping Ouro Verde – Rua Armando Frederico Renganeshi, 61 Jardim Cristina – Atendimento de segunda a sexta-feira das 9h às 16h.

 

Sede Administrativa – Rua Maria Monteiro, 1028, Cambuí Campinas. Atendimento de segunda a sexta, das 9h às 17h.

 

Unidades Móveis – Atendimento de segunda a sexta, das 9h às 16h, nos seguintes locais:

 

Segunda-feira: Praça da Concórdia (Campo Grande) e Paulistão Pe. Anchieta

 

Terça-feira: Extra-Abolição e CRAS Campo Belo

 

Quarta-feira: Lagoa do Taquaral e Paulistão Amoreiras

 

Quinta-feira: Enxuto e Carrefour D. Pedro

 

Sexta-feira: Paço Municipal (Av. Anchieta, 200) e Shopping Pq. das Bandeiras

 

Comentários

Notícias relacionadas