RMC 

Prefeitura restaura Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico

Os novos membros do COMUDE (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico) foram empossados nesta quarta-feira (26), em reunião no Paço Municipal. Instituído em 2010, pela Lei Municipal nº 3.200, o Conselho foi restaurado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Santa Bárbara d’Oeste. Na ocasião, os membros elegeram como presidente o vereador Juca Bortolucci, e o 1º secretário, Miguel Brito, secretário da pasta. Ao todo são 14 membros, entre sociedade civil e poder público.

 

Comude 02 - imprensaEstiveram presentes representantes da ACISB (Associação Comercial e Industrial de Santa Bárbara d’Oeste), CIESP (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba), OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), AMEV (Associação de Melhoria de Vida) e AMOBAM (Associação de Moradores do bairro Mollon).

 

O secretário, Miguel Brito, ressaltou que é fundamental a integração entre sociedade civil e poder público. “Com essas novas visões vindas da população, conseguimos ter uma boa medida do impacto do desenvolvimento econômico da cidade, além de fiscalizar a política da categoria ou até de uma nova atividade econômica. O principal ganho do Conselho, além da fiscalização, é por sua vez definir as diretrizes, atrair novos negócios e ampliar os existentes”, frisou. “Na próxima reunião do Comude, em 19 de março, os membros analisarão e aprovarão o regimento interno do conselho”, completou.

 

Compete ao Comude propor políticas gerais e ações relativas ao fortalecimento, modernização e expansão sustentada das áreas agrícola, comercial e industrial de Santa Bárbara d’Oeste; auxiliar na divulgação dos incentivos existentes e, quando necessário, ajudar na orientação aos empresários interessados e dimensionar as necessidades das diversas áreas econômicas, em especial no tocante à demanda por geração de empregos, capacitação gerencial e crédito, contribuindo para a formulação da política de desenvolvimento municipal, entre outras atribuições.

 

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico será composto de representantes das secretarias de Governo, Desenvolvimento Econômico, Planejamento, Obras e Serviços, Negócios Jurídicos, além de membros do Poder Legislativo Municipal, DAE, entidades de serviços e sociedade civil. O mandato dos integrantes do Comude, com duração de dois anos, será exercido de forma voluntária.

 

Foto: Luís Eduardo Deffanti

 

Assessoria de Imprensa

Comentários

Leia também...