Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

24horas Piracicaba

Prefeitura de Piracicaba promove live de carnaval com debate e documentário sobre a banda do bule

Evento visa a reforçar a importância do distanciamento social e da preservação da cultura

 

Resgatar a tradição piracicabana e conscientizar a população. Esses são os objetivos da live Carna em Casa: Histórias e Memórias, promovida pela Prefeitura de Piracicaba, que será transmitida amanhã, sexta-feira, 12/02, a partir das 11h, no Facebook da Prefeitura (@prefeituradepiracicaba). Na programação, destacam-se um debate com protagonistas do carnaval da Noiva da Colina, como membros de escolas de samba e de blocos de rua, e a exibição do documentário Banda do Bule, dirigido por Gilson Sabadin, com edição e fotografia de Leandro Palauro.

Para o prefeito Luciano Almeida, “não há motivos para comemorações, uma vez que a pandemia, apesar de todos os esforços dos cidadãos e do Poder Público, ainda nos obriga a manter os cuidados. Porém, é importante preservar a cultura local, mesmo que por meio de uma ação virtual”, afirma.

Já o secretário da Ação Cultural, Adolpho Queiroz, relata que “realizar o debate e a exibição do documentário remotamente reafirma nosso compromisso em vencer os desafios postos e articular, em conjunto com a comunidade artística, soluções viáveis para este delicado momento”, pondera.

Por fim, o responsável pela pasta de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, José Luiz Guidotti Júnior, avalia os impactos da pandemia em Piracicaba: “trata-se de um contexto humanitário que inviabiliza o carnaval como o conhecemos, na rua. É fundamental que nos resguardemos agora para, em breve, estabelecermos o ritmo produtivo pré-pandemia”, reitera.

BANDA DO BULE

A Banda do Bule pode ser considerada patrimônio piracicabano. Nas ruas pela primeira vez em 1977, com cerca de 50 pessoas, cresceu com o tempo e se tornou uma das principais atrações do Carnaval.

De acordo com Ídico Pellegrinotti, que ajudou a fundar o bloco, “uma das únicas diversões daquele tempo eram as reuniões, com os amigos, na praça José Bonifácio. Desses encontros surgiu A Banda do Bule, que agregava desde foliões que só procuravam entretenimento até os que, com as fantasias, levavam reflexões sociais e políticas ao desfile”, relata.

Para Gilson Sabadin, que dirigiu o documentário, “preservar nossa cultura é respeitar a nossa história. Por isso, é fundamental registrar e exibir iniciativas populares, para compreender de que maneira tem sido construída a identidade coletiva de Piracicaba”, finaliza.

SERVIÇO – Live Carna em Casa: Histórias e Memórias — debate e exibição do documentário “Banda do Bule”.

Realização: Prefeitura de Piracicaba, por meio das secretarias da Ação Cultural e de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo.

Amanhã, sexta-feira, 12/02, às 11h.

Página Prefeitura de Piracicaba (@prefeituradepiracicaba), no Facebook.