fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Prefeitura de Nova Odessa multa empresa em R$ 5 mil por sujeira em área

Secretaria de Meio Ambiente autua dono de terreno onde havia fábrica por mato alto e lixo

 

Depois de seguidas notificações e uma multa inicial de R$ 500, a Secretaria de Meio Ambiente de Nova Odessa autuou esta semana em R$ 5 mil o proprietário de uma área no Jardim São Jorge, onde funcionava uma fábrica de travesseiros e que gera diversas reclamações de moradores próximos, devido ao mato alto e o descarte indevido de resíduos, que proporcionam o aparecimento de animais peçonhentos.

A Prefeitura chegou a realizar a limpeza da área próxima ao Ribeirão Quilombo e cujo estabelecimento foi demolido para, no futuro, dar lugar a um empreendimento imobiliário. “Falta acordo do dono da área com a construtora. Mas a Prefeitura faz a parte dela, de fiscalizar e cobrar a limpeza da área, para não prejudicar os moradores”, explica o secretário de Meio Ambiente, Edson Barros de Souza, o Nenê Gás.

A fábrica ficava na Rua Porto Alegre e a desativação ocorreu em agosto de 2016. Desde então houve problemas com mato alto e o descarte irregular de lixo e entulhos, que aumentam o risco de aparecimento de animais peçonhentos. Além disso, munícipes reclamavam da circulação de usuários de drogas pelo local. A Prefeitura também acompanhou a remoção de árvores e catalogou todo o processo.

“Continuaram muitas reclamações do local: mato alto, descarte de resíduos, pernilongos, escorpiões e baratas”, detalha a diretora de Meio Ambiente, Fernanda Dagrela. Fiscais haviam notificado a empresa em outubro passado, com prazo. Após descumprimento, veio a autuação em R$ 500. Depois, novo aviso e prazo. “Agora multamos em R$ 5 mil pela reincidência. E serão quantos mais for preciso”, completa.

 

Comentários

Dennis Moraes