Capivari 

Prefeitura de Capivari pede a liberação do FGTS de pessoas atingidas pela enchente


O prefeito de Capivari, Rodrigo Proença, enviou uma documentação sobre as enchentes que atingiram a cidade ao Ministério da Integração Social nesta quarta-feira, dia 15. A intenção é conseguir recursos federais para o município, além da liberação do FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, das pessoas atingidas pela cheia do Rio Capivari, que chegou a 3,74 m. 

Entre os documentos enviados estão fotos, relatórios da Defesa Civil e o decreto de emergência, identificação dos locais atingidos, além de outros itens que comprovem o desastre natural. 

De acordo com Rodrigo Proença, se acatada pelo Ministério, essa medida vai ajudar as pessoas afetadas a retomarem suas vidas. Outro fator relevante, é o envio de verbas para realização de obras que amenizem prejuízos e situações como a que a cidade passou na semana passada, quando todos foram pegos de surpresa, já que Capivari nunca registrou enchentes nesta proporção durante esta época do ano. 

Os trabalhadores que tiverem carteira assinada tem até 90 dias para realizar o saque. “Estamos fazendo tudo que está ao nosso alcance para atender as famílias atingidas por esse imprevisto causado pela natureza. Entendemos as necessidades dessas pessoas e não mediremos esforços para que o sofrimento passe”, garante Rodrigo. 

Na última segunda-feira, 13, o prefeito se reuniu com o vereador, Bruno Barnabé, para tratar sobre o assunto. O objetivo deles é conseguir a aprovação de uma lei que isente o pagamento de IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano, das casas atingidas pela água do rio.

Comentários

Leia também...