Capivari 

Prefeitura de Capivari inicia formaturas do Promad

Primeira escola a receber certificados foi a Eicap Lúcia Rosária Armelin Stefanini

 

A Prefeitura de Capivari, por meio da Guarda Civil e das Secretarias de Segurança Pública, Educação e Desenvolvimento Social, iniciou na tarde de ontem (12/11) as cerimônias de formatura do Promad (Programa Municipal Antidrogas). A primeira escola onde ocorreu a entrega dos certificados de conclusão das atividades do programa foi a Eicap (Escola Integral de Capivari) Lúcia Rosária Armelin Stefanini, da qual participaram da iniciativa 39 alunos do quinto ano. Até dia 27, devem receber certificados, ainda, 257 alunos de outras seis unidades escolares do município.

Criado em 2013, o Promad consiste em encontros para abordar com crianças a valorização da vida, abrangendo temas como bullying, amizade e prevenção às drogas. As orientações são passadas por guardas-civis, que durante o ano letivo desenvolvem diversas atividades com os estudantes. Ao final do programa, os discentes produzem uma redação sobre o que aprenderam. O autor do melhor texto, julgado por equipe da Guarda Civil, ganha uma bicicleta.

Receberam certificados na Eicap Lúcia Rosária Armelin Stefanini 20 alunos do 5A e 19 do 5B. Os autores das três melhores redações das turmas foram Ariadiny Nogueira dos Santos (medalha de bronze), Isabelle Carneiro Rita (medalha de prata) e Eduardo Figere Brufato de Moraes (medalha de ouro).

“Uma das lições que aprendi com o Promad foi que cada um tem um estilo de vida e isso deve ser respeitado”, afirmou Ariadiny. “E eu aprendi que temos que ficar atentos e não aceitar coisas de desconhecidos”, acrescentou Isabelle.

Para a autônoma Camila Carneiro, 40, mãe de uma das alunas participantes do Promad e que compareceu à cerimônia de formatura, o Programa Municipal Antidrogas é essencial para prevenir o contato das crianças com as drogas. “Vejo como fundamental as atividades do Promad para que as crianças entendam a importância de não estar no meio das drogas. Hoje, infelizmente, a venda de drogas está em todos os locais”, comentou.

O técnico de telecomunicação Gilvan Domingos Galindo, 32, também esteve na formatura. Ele foi acompanhar o sobrinho Bruno Domingos Simão, do 5A, e falou que o Promad capacita as crianças sobre como se portar se alguém oferecer drogas a elas. “Saber dizer não e como agir nestes casos é imprescindível”, afirmou.

MAIS – Neste mês, também acontecem cerimônias de formatura do Promad das escolas Fu Paulo, Anglo, Teresinha de Jesus Macluf, Ana Rufino Dias, Derly Andriotti e Teresinha Franchi.

 

Comentários

Leia também...