Prefeito Denis Andia ressalta necessidade de conscientização no consumo da água

A necessidade da economia no consumo de água foi destacada pelo prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Denis Andia, durante sua participação desta sexta-feira (17) no Jornal Santa Bárbara Hoje, programa veiculado pela Rádio Santa Bárbara FM 95,9. O chefe do Executivo ressaltou que a atual condição hídrica do município faz com que seja necessária a otimização do sistema de abastecimento, com ações por parte do DAE (Departamento de Água e Esgoto) e da conscientização da população.

 

A região vem enfrentando a pior seca dos últimos anos e isso tem afetado os mananciais que abastecem a cidade. A falta de chuva em outubro e as temperaturas acima dos 35º C registradas na última semana contribuíram drasticamente para a queda do nível das represas Areia Branca, São Luís e Cillos.

 

Para o prefeito, as ações do DAE e da população proporcionarão uma melhor condição ao município. Entretanto, a chuva se faz necessária para a recuperação das represas. “Trata-se de um trabalho complexo que vai desde as manutenções visando reduzir a perda de água, passando pelo projeto de lei que concederá desconto de 30% na conta de água dos munícipes que economizarem 20% do volume consumido em uma média nos últimos 12 meses, até a possibilidade da reativação da ETA I, pois o abastecimento da mesma provem de outro manancial”, disse. “Mesmo assim é de fundamental importância a conscientização em economizar. Que cada um possa fazer a sua parte e que as informações sobre a necessidade do uso racional sejam encaminhadas a todos”, completou Denis.

 

O DAE barbarense segue com a campanha de conscientização “Água – Combate ao Desperdício” lançada em julho deste ano. Cartazes e folders explicativos continuam sendo distribuídos na cidade, A autarquia vem realizando reuniões junto às demais secretarias municipais para debater o assunto e buscar soluções conjuntas. Também com finalidade de informar e sensibilizar a população, foram realizadas palestras para alunos de todas as escolas municipais e particulares, que receberam orientações de economia de água. Outras entidades, como algumas igrejas, o Tívoli Shopping e a Faculdade Anhanguera também foram inseridas na campanha de conscientização. Esta última envolve trabalho em conjunto com 2 mil alunos.

 

Denúncias de desperdício continuam pelos telefones do DAE: 0800-770-3459 ou 3459-5910. De julho deste ano até agora houve 847 denúncias que compreendem o uso da mangueira para lavar calçadas e veículos, que são enviadas ao setor de Fiscalização para fim de orientação ao munícipe denunciado.

 

Foto: Luís Eduardo Deffanti

Comentários

Notícias relacionadas