24Horas Política 

Prefeito Denis Andia recepciona médicos estrangeiros

MÉDICOSO prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Denis Andia, recepcionou nesta terça-feira (5) os três médicos estrangeiros que atuarão na rede pública de saúde do município a partir da próxima segunda-feira (11). Os médicos designados para Santa Bárbara no programa “Mais Médicos”, parceria entre o Governo Federal e municípios, são cubanos, com mais de 15 anos de atuação na área. Eles atenderão nas UBSs (Unidade Básica de Saúde) dos bairros Cruzeiro do Sul, Jardim Esmeralda, 31 de Março e Vista Alegre.

 

Iniciarão suas atividades na cidade os médicos Pedro Córdova Ginart, Osvaldo Borrero Cobas e Pedro Rojas Rizo. Acompanhados do secretário de Saúde de Santa Bárbara d’Oeste, Laerte Zucolo, do coordenador da Atenção Básica da rede municipal de Saúde, Dreison Iatarola, e da coordenadora do Planejamento da Saúde, Lucimeire Rocha, os profissionais conversaram com o prefeito e falaram sobre suas expectativas no atendimento à população.

 

Durante a recepção, Denis Andia agradeceu a vinda a Santa Bárbara d’Oeste e ressaltou a importância do atendimento humanizado na rede municipal. “Que vocês possam colaborar e nos ajudar. Espero que vocês criem um vínculo com a nossa cidade e tenham atenção com a nossa população. Além do atendimento médico, as pessoas precisam do olho no olho”, disse. “O compromisso que temos é com o povo, atendendo as pessoas com carinho, completando o atendimento que já é previsto em nosso trabalho. Viemos ao País para isso”, ressaltou Osvaldo Cobas.

 

Nesta semana, os médicos passarão por capacitação e adaptação, onde terão a oportunidade de conhecer todo o sistema de funcionamento da rede municipal. Conforme diretrizes do programa, os novos médicos realizarão exclusivamente atendimento na atenção básica como clínico geral ou médico generalista. A carga horária será de 32 horas semanais de atendimento nos postos médicos e oito horas semanais de pós-graduação à distância.

 

Confira o histórico profissional dos médicos:

 

Pedro Córdova Ginart, 45 anos. Graduação em Medicina em 1990 na Universidade de Havana – Cuba. Especialização em Medicina da Família e atendimento de urgência/emergência. Experiência internacional na Venezuela e Honduras.

 

Osvaldo Borrero Cobas, 42 anos. Graduação em Medicina em 1995 na Universidade de Santiago de Cuba. Especialização em Medicina da Família e atendimento de urgência/emergência. Experiência internacional na Venezuela.

 

Pedro Rojas Rizo, 41 anos. Graduação em Medicina em 1996 na Universidade de Santiago de Cuba. Especialização em Medicina da Família e atendimento de urgência/emergência. Experiência internacional na Venezuela.

 

 

Assessoria de Imprensa

Comentários

Leia também...

Deixe uma resposta