Prefeito Denis Andia anuncia construção de 1.320 moradias populares

O mais completo programa habitacional da história já lançado na cidade

Depois de 20 anos Santa Bárbara d’Oeste volta a ter um grande projeto habitacional de moradia popular. Trata-se do Bosque das Árvores que será construído na Zona Sul da cidade com 1.320 unidades distribuídas em seis condomínios. O anuncio foi feito pelo prefeito Denis Andia nesta quinta-feira (09), em entrevista coletiva em seu gabinete. O último empreendimento para famílias de baixa renda no município foi o Conjunto Habitacional Roberto Romano, conveniado com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano) em 1990 e entregue em 1996.

1320 moradiasO Residencial Bosque das Árvores é um empreendimento de interesse social financiado pelos programas Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal, e a Casa Paulista, do Governo do Estado de São Paulo, sendo destinado às famílias com renda mensal de até R$ 1.600,00. O condomínio será construído pela empresa Emccamp Residencial S.A. , em uma área de 177.695,91 m², entre os bairros Parque do Lago e Jardim Santa Rita de Cássia, em investimento na ordem de R$ 126,7 milhões. Cada uma das 1.320 unidades possui 47,83 m² com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. São seis condomínios equipados e cada um conta com área e lazer, quadra poliesportiva, salão de festa e estacionamento privativo.

Todas as unidades são adaptáveis para o uso de pessoas com necessidades especiais, sendo que 40 delas já serão entregues com os equipamentos de acessibilidade instalados. Há também lotes de 250 m² destinados à construção de uma escola para atender 330 crianças da Rede Municipal e um Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, ambos com possibilidade de ampliação conforme a demanda.

A previsão de entrega do empreendimento é para 2016. O processo de aprovação do conjunto pelo Município teve início em setembro de 2013 com a expedição das Diretrizes Urbanística para a área e foi concluído com a aprovação final após a edição do Decreto 6.381 de 07 de julho de 2014.

 

Assessoria de imprensa

Comentários

Notícias relacionadas