Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Prefeito de Hortolândia, Angelo Perugini, morre vítima de complicações da Covid-19

Perugini, de 65 anos, estava internado há dois meses em São Paulo

O prefeito de Hortolândia , Angelo Perugini (PSD), morreu na manhã desta quinta-feira (1º), aos 65 anos, vítima de complicações da Covid-19. Segundo o último boletim médico publicado às 09:41 da manha de hoje (01) no site da prefeitura, Angelo Perugini teve um significativo agravamento no quadro clínico nesta quinta-feira (01/04) e algumas das funções cerebrais poderiam ter sido afetadas. Logo depois, o secretário municipal de governo, Carlos Augusto César, o Cafu, confirmou às 10h44 desta manhã o falecimento do prefeito municipal de Hortolândia, Angelo Perugini. Segundo o secretário, a morte aconteceu às 10h15.

Biografia

Até chegar à cadeira de deputado estadual depois de receber 94.174 votos, o quinto mais votado entre os 15 que se elegeram no PT, em 2014, o professor da Rede Estadual de Ensino, Angelo Perugini, construiu um histórico de lutas populares, sempre pelo Partido dos Trabalhadores. Foi coordenador da Secretaria Estadual do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), em 1985, após liderar uma das primeiras marchas do MST no estado de São Paulo.

Em 1988, foi eleito vereador por Sumaré. Naquele ano, tinha início o processo de emancipação do então distrito de Hortolândia. Sua atuação como vereador e líder popular foi de grande valia para a consolidação da emancipação da cidade, em 19 de maio de 1991.

Perugini foi prefeito de Hortolândia por quatro oportunidades, sendo escolhido para o cargo em 2004, 2008, 2016 e 2020.

Como prefeito, alcançou índices elevados na melhoria nas condições de vida dos cerca de 200 mil moradores de Hortolândia, com o município sendo eleito entre os mais dinâmicos do país.