Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Porsche Cup: Em rodada dupla, Croce acelera pela primeira vez no ano em Interlagos

Croce (Divulgação)

Ainda em adaptação, piloto de Jaú (SP) encarou desafio na pista molhada no sábado e contornou desafios para completar a prova no domingo

 

No automobilismo brasileiro, a chance de acelerar no mítico circuito de Interlagos, em São Paulo (SP), é motivo de comemoração a cada 10 entre 10 pilotos. Neste fim de semana, quem teve essa oportunidade, pela primeira vez em 2021, foi Fernando Croce. O piloto representante de Jaú (SP) esteve no templo do esporte a motor no país para a disputa de rodada dupla pela Porsche Cup Brasil, na primeira passagem nesta temporada da principal categoria de grã turismo do continente pelo autódromo paulistano.


A primeira prova de Croce no fim de semana, disputada no sábado (17), contou com um desafio extra: a pista molhada. Depois de uma classificação complicada, quando uma bandeira vermelha interrompeu a sessão quando Croce fazia aquela que poderia ser sua melhor volta, o piloto do #84 conseguiu ganhar posições em meio às disputas sempre acirradas do pelotão intermediário até cruzar em 16º. “Acredito que tinha chance de terminar entre os 12 melhores, mas está bom. Foi uma corrida razoável”, avaliou.


No domingo (18), Croce largou da mesma posição e recebeu um toque no S do Senna, logo na largada. Quando o Safety Car foi acionado, no meio da prova, ele era o 18º e acreditava que poderia aproveitar o momento para ganhar posições, mas perdeu contato com o pelotão nas duas primeiras voltas da relargada, em função de sujeira nos pneus do carro que fizeram ele perder rendimento, mas ainda completar a prova em 15º. “Nas provas que fiz até aqui, já consegui entender os freios do carro, estou ainda não estou adaptado em itens como banco e cinto de segurança, que me machucam e atrapalham minha concentração”, frisou. “Pretendo fazer um banco próprio para mim e resolver isso para as próximas etapas”, destacou Croce.