fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Variedades

Por que ter uma carteira diversificada é a melhor estratégia na hora de investir?

Conheça as possibilidades que uma carteira diversificada pode trazer para os seus investimentos e entenda porque essa é uma técnica tão utilizada pelos investidores.

 

Todos os anos o número de brasileiros interessados em entrar para o mercado financeiro e começar a se projetar no mundo dos investimentos aumenta. Saber que a população do nosso país tem esse interesse é ótimo, mas será que realmente conhecemos a melhor forma de investir e as técnicas corretas para ganhar dinheiro?

 

Você certamente já se pegou em dúvida se é melhor aplicar em ações ou etfs, imaginando e fazendo os cálculos de qual será o mais rentável. Se não foi com esses dois tipos de investimento, certamente já passou por essa dúvida cruel de onde colocar seu dinheiro com outras aplicações.

 

Fique calmo, você não está sozinho! Infelizmente, a educação financeira básica não é algo que aprendemos na escola, mas uma das primeiras lições sobre esse tópico é a importância da diversificação da carteira. Isso porque essa é uma estratégia que permite ao investidor reduzir os riscos sem perder a rentabilidade.

 

Apesar de ser um tópico tão falado, a maioria das pessoas só aceita e não entende o conceito por trás, o que pode prejudicar um futuro próspero no mundo financeiro. Para te ajudar, vamos te mostrar porque ter uma carteira diversificada é o melhor na hora de investir. Confira!

Qual a importância de diversificar?

Uma maneira simples de compreender a importância de diversificar a sua carteira de investimentos é com uma questão de matemática, por exemplo: as chances de ganhar na Mega Sena aumentam se você apostar em mais números, certo? Quanto mais números você jogar, maior é a probabilidade de ganhar dinheiro.

 

Quando falamos de investimentos, a lógica é bem parecida. Para ter maior segurança e aumentar as chances de uma boa rentabilidade, um investidor sério e entendedor de educação financeira escolhe uma carteira diversificada.

 

O que é diversificação de investimentos?

De maneira geral, a diversificação é uma maneira de gerenciamento de risco que tem como objetivo a distribuição do capital investido em diversas variedades de investimentos dentro de um portfólio. Ou seja, o risco sobre esse portfólio acaba reduzido e a chance de rentabilidade aumenta.

 

Assim, evitar colocar todo o montante disponível para investir de maneira isolada e individual representa um risco menor para qualquer investidor que tenha por objetivo fazer seu dinheiro render de forma segura. Além disso, a diversificação também pode ser responsável por diminuir a volatilidade de uma carteira.

Por que diversificar?

A diversificação da carteira de investimentos nada mais é que uma técnica de controle de riscos que mescla vários ativos em uma única carteira.

 

O grande objetivo por trás dessa ação se baseia no conceito de que um portfólio que é construído sobre diferentes ativos, na maioria das vezes, apresenta ótimos retornos ao investidor.

 

Além dessa grande vantagem, um investidor que possui uma carteira diversificada também encontra riscos reduzidos quando comparado com investidores que concentram suas aplicações em apenas um tipo de investimento.

 

De maneira geral, a ideia central é que as performances positivas de investimentos anulem as baixas, as quais, porventura possam ocorrer como resultado de outras aplicações.

 

Entretanto, é importante ressaltar que os benefícios da utilização desse tipo de técnica serão melhor observados somente se a origem dos ativos não seja correlacionada. Assim, o ideal é que os ativos sejam diversificados entre classes e setores o máximo possível.

 

Se você está curioso para saber qual é a meta para uma carteira diversificada de sucesso, é consenso entre os maiores estudiosos da área financeira que uma carteira que contenha vários investimentos passará a ser considerada diversificada quando a mesma tiver entre 15 a 20 ativos.

Como funciona a diversificação

Qualquer tipo de investimento – seja de renda fixa ou variável – está atrelado a um risco, podendo ser alto ou baixo. Dessa forma, ao escolher investir, uma pessoa corre um certo risco em busca de obter um retorno financeiro que será proporcional ao risco corrido.

 

Por conta dos diferentes objetivos, nuances do mercado financeiro e perfil de investidores, existem investimentos que apresentam riscos que são considerados menores – poupança – e outros maiores – ações de empresas.

 

Assim, a diversificação entra nesse cenário com o intuito de reduzir os riscos através da alocação de investimentos entre várias classes de ativos, setores ou categorias.

 

Dessa forma, é possível ter uma melhor noção de que a diversificação da carteira é uma ótima estratégia para diminuir o risco de perder dinheiro em investimentos. Assim, essa técnica pode – e deve – ser utilizada por todos os investidores com o objetivo de melhorar a relação entre risco e retorno das aplicações.

 

Através de uma diversificação bem feita, qualquer investidor consegue reduzir riscos sem comprometer a tão esperada rentabilidade. Além disso, é uma estratégia indicada para todos os investidores, sejam eles novos ou antigos no mercado financeiro. É uma forma de se proteger!

 

 

Acho que aqui cabe uma chamada, qualquer coisa, me avise que eu retiro.

Comentários