Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Polícia Civil esclarece latrocínio de pai e filha em São Caetano

A Polícia Civil esclareceu o roubo que terminou com a morte do aposentado E.P.P., de 78 anos, e de sua filha, a professora C.L.P.P., de 47, ocorrido na segunda-feira (11), em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo. O autor do crime – J.L.S., de 38 anos – foi preso na noite desta quarta-feira (13).

Ao longo das investigações, policiais do 3º Distrito Policial de São Caetano do Sul e da Delegacia Sede do município conseguiram identificar o acusado a partir da análise de imagens de câmeras de segurança que mostram o homem chegando e saindo da casa das vítimas, no bairro Vila Santa Paula.

No sábado (9), J.L.S. sacou dinheiro com o cartão da professora em um caixa eletrônico no Terminal de Santo André, também na Grande São Paulo. As imagens do local também foram apreendidas pela polícia e colaboraram para a identificação do homem, que era inquilino de uma das casas das vítimas.

O acusado foi localizado na noite desta quarta-feira (13) e levado à delegacia, onde confessou o crime. Segundo contou à polícia, ele estava com dívidas e havia ido à residência das vítimas pedir um prazo maior para pagar o aluguel da casa onde morava.

Porém, durante a conversa, J.L.S. se desentendeu e passou a discutir com o aposentado e a professora. Em seguida, o homem agrediu pai e filha e fugiu com a bolsa da mulher, que continha cartões e celular.

A Polícia Civil pediu e a Justiça decretou prisão temporária de 30 dias contra o acusado.

O caso

O aposentado e sua filha foram encontrados mortos na casa onde moravam, por volta de 12h30 de segunda-feira (11), na Vila Santa Paula, São Caetano do Sul, na Grande São Paulo.

Um familiar das vítimas foi até a residência delas, pois não tinha notícias dos dois desde sexta-feira (8). Ao chegar à casa e ver o portão de entrada e a porta da sala abertos, chamou a polícia.

Os policiais encontraram o corpo da mulher na sala e o do aposentado na cozinha. O Samu foi acionado e constatou a morte das vítimas. O caso foi registrado no 3º DP de São Caetano do Sul.

Fonte: SSP

Comentários

Dennis Moraes