Piracicaba recebe o projeto “Na Roda com Maestro – Uma Homenagem a Heitor Villa-Lobos”, com João Carlos Martins


Evento gratuito com a Camerata Bachiana ocorre no Teatro Erotides de Campos, no dia 23 de setembro

O Maestro João Carlos Martins, que aos 75 anos é um dos nomes mais respeitados no cenário musical do Brasil, tanto por seu talento como pianista e regente, quanto por seu bem sucedido trabalho de difundir a música clássica pelo país, apresenta-se em Piracicaba, no dia 23 de setembro, com o projeto “Na Roda com o Maestro – Uma homenagem a Heitor Villa-Lobos”. O concerto, com a Camerata Bachiana, acontece no Teatro Erotides de Campos, conhecido como Teatro Engenho, às 20h.

A entrada é gratuita, mas os interessados precisam retirar antecipadamente um vale-ingresso, que estará disponível a partir do dia 10/09 no site www.dcolor.art.br/ingressos. A troca do vale pelo ingresso ocorre no dia do evento, das 18h às 19h45. Os vales que não forem trocados até esse horário serão invalidados e disponibilizados ao público geral.

O projeto “Na Roda com o Maestro – Uma Homenagem a Heitor Villa-Lobos”, parte do Circuito de Arte e Cultura CPFL, é viabilizado através de Lei de Incentivo Fiscal (lei do PROAC – ICMS – SP), com patrocínio da CPFL Energia. A produção é da D’Color Produções Culturais e Fundação Bachiana, com apoio da Prefeitura e Secretaria de Cultura de Piracicaba.

Maestro João Carlos Martins e Camerata Bachiana

O pianista e regente João Carlos Martins iniciou seus estudos de piano na infância e aos 13 anos já iniciava sua carreira no Brasil, que cinco anos depois decolou internacionalmente. Aos 20, estreou no famoso Carnegie Hall, em Nova York, em apresentações patrocinadas pela então primeira dama dos Estados Unidos, Eleanor Roosevelt.

O maestro passou por dois incidentes que poderiam ter posto fim à sua careira musical. Aos 26 anos de idade sofreu uma lesão no braço quando jogava uma partida de futebol em Nova York, que o manteve afastado dos palcos por sete anos. Quando retornou à carreira, gravou a obra completa de Bach. Em 1995 foi ferido num assalto na Bulgária, e ficou com o lado direito do corpo paralisado. Vítima da síndrome de movimentos repetitivos, encerrou a carreira de pianista aos 63 anos, mas não deixou o universo da música. Estudou regência, fundou a Filarmônica Bachiana Jovem em 2006 e hoje é regente e diretor-artístico da Bachiana Filarmônica SESI-SP.

A Orquestra Bachiana Filarmônica apresentou-se pela primeira vez em 2004, na sala São Paulo em São Paulo/SP e depois disso, com um repertório que inclui sinfonias de Beethoven, Brahms e Tchaikovsky, apresentou-se nas mais importantes salas de concerto do Brasil e exterior. Em 2006, com objetivo de trabalhar na evolução musical de jovens musicistas, o maestro João Carlos Martins fundou a orquestra Bachiana Jovem, que também buscava democratizar a música clássica com apresentações em espaços variados, para pessoas que jamais tiveram acesso às salas de concerto. Em 2010, as duas orquestras se juntaram formando a Bachiana Filarmônica SESI-SP, um grupo que reúne músicos profissionais, orientadores e jovens musicistas, que formam hoje uma das mais importantes orquestras da iniciativa privada do Brasil, sem abandonar os ideais que deram origem à Bachiana Filarmônica e à Bachiana Jovem. O termo Bachiana remete à riqueza musical do Brasil, numa homenagem ao imortal maestro e compositor Heitor Villa-Lobos, autor das célebres Bachianas Brasileiras, e à Johann Sebastian Bach. A Camerata Bachiana, parte da Fundação Bachiana Filarmônica, é formada por viola, cello, oboé, clarinete, fagote, flauta, percussão e dois violinos.

Sobre a CPFL

Em 100 anos de história, a CPFL Energia se tornou uma empresa completa, com negócios em distribuição, geração, comercialização de energia elétrica e serviços. Atualmente é uma das maiores empresas do setor elétrico brasileiro, levando energia a quase 20 milhões de consumidores, de 570 municípios, nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Minas Gerais.

Desde 2003, a CPFL Energia consolidou, por meio da CPFL Cultura, um programa amplo de reflexão e organização do pensamento contemporâneo com debates abertos ao público, transmitidos ao vivo, disponibilizados no site e no aplicativo, editados e exibidos na TV aberta. A CPFL Cultura é responsável também por divulgar a diversos públicos as mais ricas manifestações artísticas produzidas hoje no país por meio do Circuito de Arte e Cultura CPFL, que leva exposição, teatro, cinema e música popular e erudita para as cidades do interior paulista e do litoral.

Sobre a D’Color Produções Culturais

Empresa de Campinas (SP) focada em assessoria, planejamento e execução de projetos culturais em parceria com diversos segmentos através de leis de incentivo. Possui a missão de fomentar a cultura no Brasil e disseminá-la para o maior número de pessoas.

Serviço:

Na Roda com o Maestro – Uma homenagem a Heitor Villa-Lobos

Maestro João Carlos Martins e Camerata Bachiana

Data: 23/09/2015, às 20h

Local: Teatro Erotides de Campos (Teatro Engenho)

Avenida Maurice Alain, 454, Parque do Engenho, Piracicaba/SP. Telefone (19) 3413-8526

Entrada gratuita. Retirada de vale-ingressos gratuitos pelo site da D’color a partir do dia 10/09: http://www.dcolor.art.br/ingressos

O vale-ingresso poderá ser trocado pelo ingresso no dia do evento das 18h até as 19h45.

Os vale-ingressos que não forem trocados até este horário serão invalidados e disponibilizados ao público em geral.

Projeto viabilizado pelo Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (ProAc), com patrocínio da CPFL Energia, produção D’Color Produções Culturais e Fundação Bachiana, e apoio da Prefeitura e Secretaria de Cultura de Piracicaba.

Mais informações: www.dcolor.art.br/agenda

Comentários

Notícias relacionadas