Piracicaba: Baque Caipira se apresenta na terceira edição do festival Afropira


No ano em que a ONU proclamou a Década Internacional de Afrodescendentes que vai de 2015 a 2024, Piracicaba vai ser palco da 3ª Edição do Afropira, um dos eventos culturais mais marcantes da região.O grupo de maracatu Baque Caipira se apresentará no festival que ocorre entre os dias 19 e 20 de novembro. O Lineup com a distribuição de bandas por dia será liberado apenas na data do evento.

 

Essa edição contará também com o Encontro de Militantes, que terá como homenageados do ano: Noedi Montero, Mayra Cristina, Mazé da Pastoral Afro, Bira da Casa do Hip Hop, Aguinaldo Oliveira (Guina) e Faé da Vila África.

 

A Comissão do AFROPIRA é composta pela cantora e produtora Elaine Teotonio, o Mestre de Capoeira Marcos Farias, a atriz e rapper Mayra Cristina Camargo e o Presidente da Escola de Samba Pérola Negra José Luiz Teodoro.

 

Baque Caipira

O Baque Caipira tem como referência o maracatu de baque virado proveniente da Nação Estrela Brilhante do Recife e da Nação Estrela Brilhante do Igaraçu. O grupo tem desenvolvido uma linguagem própria em relação às composições rítmicas, arranjos musicais e letras das loas – canções do maracatu – que destacam elementos históricos da região de Piracicaba/SP.

 

Maracatu de baque virado é uma manifestação cultural da música folclórica pernambucana afro-brasileira. É formado por uma percussão que acompanha um cortejo real. Sendo uma mistura das culturas indígena, africana e europeia, o maracatu de baque virado ou nação é um dos mais antigos no Recife (PE).

 

Serviço:

Data: 20 de novembro (sexta-feira)

Horário: Apresentação Baque Caipira a partir das 16h30.

Local: Engenho Central de Piracicaba.

 

Evento:

  • 19/11 das 19h ás 22h.
  • 20/11 das 12h ás 22h.

 

 

Conheça mais o Baque Caipira:

Facebook – https://www.facebook.com/baquecaipira

Comentários

Notícias relacionadas