Pilates na gravidez oferece diversos benefícios para gestantes

Podem ser mães de primeira viagem ou experientes, o que é igual para todas é que durante a gestação o corpo da mulher passa por mudanças que, muitas vezes, geram desconforto, dores e insegurança.

 

A prática de alguns exercícios ajuda no alívio desses sintomas. Por isso, o número de gestantes nas clínicas de Pilates aumentou. A fisioterapeuta Nathália Stradiotto, instrutora da Pucci Pilates, afirma que os movimentos desse método contribuem para o conforto da mãe. “Os exercícios facilitam as atividades do cotidiano que ficam limitadas devido a mudanças hormonais e biomecânicas da gestante, principalmente das curvas fisiológicas da coluna”, explicou.

 

Nathália alerta que o exercício só deve ser iniciado com o consentimento do médico. “A prática dos movimentos dá segurança à gestante e contribui com o fortalecimento da musculatura pélvica. Oferece um apoio maior ao útero, diminui a pressão sobre a bexiga, além de melhorar dores lombares principalmente do meio para o final da gestação”, destacou.

 

Marcela pratica Pilates desde o início da gravidez

Os exercícios também ajudam a melhorar a mobilidade, alongamento e força, o que favorece, inclusive, o trabalho de parto e pós-parto. “Este é um momento mágico para a mulher, por isso, é importante investir em exercícios que garantam conforto dela e do bebê”, reforçou a fisioterapeuta.

 

Na Pucci Pilates, a aluna Marcela Lenci, que está grávida do segundo filho, não abre mãos dos exercícios. “Eu faço Pilates desde o início da gravidez porque conheço os benefícios dessa técnica e quero o melhor para mim e para o meu bebê”, afirmou Marcela.

 

Comentários

Notícias relacionadas