SB24Horas

Notícias na hora certa!

Pernas e pés inchados? Veja 5 dicas para melhorar a circulação sanguínea

Aumentar o consumo de líquidos, praticar atividades físicas e optar por uma alimentação balanceada estão entre as recomendações

 

Neste ano, as últimas semanas do verão têm sido marcadas por altas temperaturas, e com a exposição ao sol, o inchaço nas pernas e pés pode ser mais comum. Esse sintoma está associado à retenção de líquido, falta de exercícios físicos e, em muitos casos, má circulação sanguínea.

De acordo com o cirurgião vascular e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), Dr. Márcio Steinbruch, isso acontece porque o calor tem potencial de dilatar as veias e, consequentemente, causar uma alteração no retorno do sangue das extremidades do organismo, ao coração.

Além disso, o médico também explica que as altas temperaturas podem afetar o funcionamento dos vasos linfáticos, que são responsáveis pela drenagem do excesso de líquido nos tecidos. “Nos membros inferiores, essas estruturas atuam contra a força da gravidade, com auxílio da musculatura da panturrilha. É por isso que quando ficamos muito tempo sem movimentar as pernas, seja sentado ou em pé, dificultamos o retorno venoso e, podemos perceber os membros inferiores inchados”.

No entanto, a boa notícia é que pequenas mudanças de hábitos, especialmente durante o verão, podem ajudar a reduzir o inchaço nas pernas e pés. Confira abaixo as dicas do Dr. Steinbruch.

1-  Aumente o consumo de líquidos: a hidratação, com água, água de coco e sucos naturais, é fundamental para desintoxicar e eliminar as toxinas, porque irá estimular a troca de líquidos no corpo;

2- Pratique atividades físicas regularmente: reservar alguns minutos diários para fazer exercícios, como caminhadas, que fortalecerá a musculatura da panturrilha, melhorando de maneira considerável a circulação sanguínea pelo corpo;

3- Mantenha uma alimentação balanceada: optar por refeições equilibradas, com alimentos leves e ingerir mais frutas e legumes pode ajudar na eliminação de líquidos. Há opções diuréticas que também podem ser aliadas, como: kiwi, alface, melancia, melão, capim-cidreira, água de coco e pera;

4- Faça massagem ou drenagem linfática: elas contribuem com o retorno venoso e, assim, diminuir o inchaço;

5- Evite passar longos períodos na mesma posição: se você trabalha em pé ou sentado, intercale momentos a cada uma hora para dar alguns passos.

O médico também indica que é preciso ficar atento aos sinais. “Se o inchaço acompanhar outros sintomas, como dores, formigamento e dormência, é fundamental procurar um especialista para investigar as causas desses desconfortos”, finalizou.  

Sobre o especialista: Dr. Márcio Steinbruch – formado pela Universidade de São Paulo (USP), é médico com especialização em cirurgia vascular pelo Hospital das Clínicas da FMUSP, além disso, possui título de especialista pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e é membro titular da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. Curta as redes sociais do médico: Instagram: @livredevarizes e Facebook.com/marcio.steinbruch e acesse o site: www.livredevarizes.com.br/.