RMC 

Parque Ecológico apresenta novos recintos de serpentes e micos

A Sectur (Secretaria de Cultura e Turismo) segue concretizando melhorias no Parque Ecológico “Cid Almeida Franco” por meio da renda obtida na bilheteria e, com aprovação do Fundo Especial de Revitalização e Manutenção do Parque Ecológico e do Jardim Botânico, foram concluídas a reforma de sete recintos.

 

O antigo espaço dos pinguins passou a ser o novo serpentário e abriga duas sucuris e uma serpente da espécie Píton. Para oferecer melhor estrutura aos animais, o recinto passou por reforma completa, incluindo troca de piso, instalação de grama e de piso específico para a piscina, pintura, jardinagem, instalação de aparelho para aquecimento ambiental e para a água da piscina e montagem de papel de parede.

 

Seis micários também receberam reforma total e foram feitos os serviços de jardinagem, pintura, instalação de aparelho de aquecimento, de tela proteção superior e de materiais para o enriquecimento ambiental, nova proteção frontal com placas de vidro e troca da cerca de proteção dos espaços. Os moradores dos novos recintos são quatro saguis-pretos-da-mão-dourada, dois micos-leões-dourados, dois saguis-de-tufo-branco e um de tufo-preto.

 

“Essas adequações fazem parte da sequência de trabalhos de melhorias e modernizações que estamos fazendo no Parque e nosso principal objetivo é dar melhores condições, conforto e estrutura aos animais. Vamos continuar fazendo essas reformas em outros espaços e recintos do parque”, disse o subsecretário da Unidade do Parque, João Carlos Tancredi.

 

O Parque Ecológico fica na Avenida Brasil, nº2525, no bairro Jardim Ipiranga, e é aberto ao público de terça a domingo, das 8 às 17 horas. O horário de entrada é até às 16 horas.

 

 

Fotos: Divulgação


Comentários

Leia também...