Parceria entre governo do estado e BID traz quatro obras para a Saúde de Americana

Na última quarta-feira (25), o secretário de saúde, Fabrizio Bordon, representando o prefeito Diego De Nadai, participou da assinatura da parceria entre o governo do Estado de São Paulo e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que rendeu à Americana quatro novas obras na área da Saúde.

 

O município foi contemplado com a construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim da Paz, que atualmente funciona no prédio do CAIC, além da construção de uma farmácia na UBS do São Vito, construção de um prédio próprio para o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) “Arte & Vida” – que hoje funciona num prédio locado – e a reforma da UBS 21, do Parque das Nações.

 

“A assinatura deste contrato demonstra a seriedade com o governo do Estado de São Paulo tem tratado a saúde pública. É importante frisar que além de construções na área de Atenção Básica, ordenadora do sistema de saúde, este projeto vislumbra um aporte de R$ 14 milhões para a informatização da saúde na RMC , bem como mais R$ 12 milhões para a gestão. Ou seja, estamos num caminho sem volta para uma melhor assistência de saúde em Americana e região, o que nos deixa motivados a buscar ainda mais recursos e serviços”, disse Bordon.

 

Com investimentos da ordem de R$ 836 milhões na saúde pública de todo o Estado de São Paulo, sendo R$ 594 milhões financiados pelo BID e o restante pelo governo estadual, a ação prevê 153 obras de reforma ou construção de unidades de saúde em cidades das regiões de Campinas, Bauru, Vale do Ribeira, Vale do Paraíba e Sorocaba. De acordo com a secretaria estadual de Saúde, a escolha das cidades se deu após estudos que levaram em consideração as necessidades regionais e questões epidemiológicas de cada município.

 

 

 

Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

 

 

Unidade de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas