Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Palestras ganham força nas estratégias de prevenção do AMDIC

O AMDIC (Ambulatório Médico de Doenças Infecto Contagiosas), órgão vinculado a Secretaria de Saúde de Santa Bárbara d’Oeste, tem intensificado por meio do Programa de DST/AIDS e Hepatites Virais e do Programa de Prevenção do município ações educativas e preventivas, como oficinas e palestras. As atividades têm como objetivo abordar o tema “Sexualidade”, levando informações e promovendo reflexões sobre a diversidade sexual e os direitos humanos, além da prevenção, do diagnóstico e do tratamento das doenças sexualmente transmissíveis.

Durante o mês de setembro, foram realizadas atividades no CIMCA I (Centro de Integração Municipal da Criança e do Adolescente), restaurantes e SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), onde foram distribuídos 1.728 preservativos. “A crescente demanda das instituições públicas e privadas para tratar sobre esses assuntos tem motivado o serviço a reforçar as estratégias de prevenção para além do ambulatório. Ressaltamos que essas atividades fazem parte do cotidiano do serviço e são indispensáveis nas estratégias de prevenção”, explicou a coordenadora do AMDIC, Kelly Roberta Ferreira.

As ações têm sido assistidas pelo psicólogo Alexandre Ceconello Marinho e pela enfermeira Carolina Braga Sisti. “Os jovens e adolescentes raramente conversam com os pais sobre sexo e, apesar da facilidade de acesso à informação com a internet, poucos buscam informações sobre métodos de prevenção de DSTs. O que procuramos é aproximar o serviço e nossas experiências das pessoas, numa linguagem informal e descontraída”, destacou Carolina.

Para Marinho, por se tratar de um tema cercado de tabus, as dúvidas que surgem nesses espaços de discussão são inúmeras e das mais variadas. “Você percebe que a grande maioria das pessoas vem sendo produzidos pelas ciências, principalmente no campo da sexualidade. Por isso, trabalhar os conceitos de gênero e orientação sexual, numa visão de Direitos Humanos e de propriedade individual do corpo, é fundamental para potencializar o enfrentamento das relações de poder, da discriminação e da exclusão social que contribuem para a reprodução das vulnerabilidades nas relações sexuais”, explicou.

O AMDIC está localizado na Avenida Sábato Ronsini, 203, na Vila Linópolis. O atendimento é de segunda à sexta-feira, das 7 horas às 16h30. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3454 8466 ou ainda pelo DISK AIDS: 0800-7709160.

Assessoria de Imprensa

Comentários

Dennis Moraes