Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Orquestra Heliópolis Sinfônica realiza apresentação gratuita em Santa Bárbara d´Oeste

Sob regência do maestro Isaac Karabthevsky, grupo do Instituto Baccarelli difunde cultura por cinco cidades paulistas

 

Férias é um período incrível! Perfeito para aproveitar o tempo em um lugar legal com os amigos fazendo o que mais gosta. Assim, pode-se dizer que a Orquestra Heliópolis Sinfônica tirará férias a partir do dia 31 de agosto. Na dúvida entre praia, cidade ou interior, o grupo do Instituto Baccarelli decidiu por todas as opções, a começar por Santa Bárbara d’Oeste, às 19h30.

 

Sob regência de um dos maiores maestros do Brasil, Isaac Karabtchevksy, o grupo do Instituto Baccarelli viistará as cidades de Santos, Santa Bárbara D’Oeste, Mogi das Cruzes, São José dos Campos e Valinhos. Em  Santa Bárbara, a Orquestra visitará o Teatro Municipal Manoel Lyra. Como boa visitante, leva na bagagem um presente especial aos anfitriãos: cultura gratuita.

 

Em parceria com a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, a OHS executará grandes clássicos do repertório erudito. Canções de Antônio Carlos Gomes, de Giuseppe Verdi e de Heitor Villa-Lobos, de Joseph-Maurice Ravel e Johann Strauss Jr. serão a trilha sonora de um encontro que entrará para a história do projeto.

Não há razões para ficar de fora dessa aventura musical! Afinal, diversão e cultura são bem vindas em qualquer época do ano. Para mais informações, ligue 11 3506-4602.

 

SERVIÇO

Santa Bárbara d’Oeste

Data: 31 de agosto, sábado

Hora: 19h30

Local: Teatro Municipal Manoel Lyra
R. João XXIII, 61 – Centro, Santa Bárbara d’Oeste – SP,

Ingressos: grátis

Grupo: Orquestra Heliópolis Sinfônica

Regente: Isaac Karabtchesvky

SOBRE O INSTITUTO BACCARELLI:

 

Das cinzas de um incêndio em uma das maiores comunidades do mundo nasceu uma ação comprometida com a transformação social por meio da arte. Da inocente iniciativa de um renomado maestro ao posto de uma das principais organizações sem fins lucrativos e não governamentais do Brasil. Uma das principais instituições nacionais dedicadas à área cultural, social e educacional.

 

Agente de transformação, utiliza o ensino musical gratuito e de excelência como ferramenta para promover a inserção de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade em uma realidade mais otimista, contribuir com o seu desenvolvimento social e oferecer a eles a oportunidade de profissionalização musical.

 

A iniciativa que começou em 1996 com aulas de instrumentos de cordas em um espaço no próprio auditório do regente, com 36 crianças, passou por uma antiga fábrica de sucos até conquistar a sua sede própria na Comunidade de Heliópolis com uma área de 5 mil m², atender anualmente mais de 1.000 crianças e adolescentes a partir dos 4 anos de idade, e contar com 16 turmas de musicalização infantil, 13 corais, 47 turmas de coletivos de instrumentos, 20 grupos de câmara, 4 orquestras e 68 profissionais de música.

 

No meio musical o reconhecimento é grande. Não por acaso, a direção artística é do principal maestro brasileiro, Isaac Karabtchevsky, e um dos maiores maestros do mundo, o indiano Zubin Mehta, aceitou o convite para se tornar patrono da instituição. Responsável pela criação e manutenção das Orquestras, Juvenil Heliópolis e Sinfônica Heliópolis, que, assim, não são apenas dois dos principais grupos jovens do cenário brasileiro, mas, principalmente, são o ponto de chegada de um trabalho de base, a instituição segue rumo a uma trajetória sem ponto final em busca de uma sociedade mais justa e digna para todos. Cada resultado alcançado, percebido por meio do brilho das turmas e grupos próprios ou pelos milhares de ex-alunos mundo a fora vivendo os seus sonhos no âmbito profissional e pessoal, é celebrado com a certeza de que se pode ir muito mais longe e reafirma a crença que o projeto tem na música e no seu poder transformador.

 

A arte e a prática musical são compreendidas antes de qualquer coisa como um poderoso instrumento de transformação individual. Ainda mais em um contexto de vulnerabilidade social, o que a música oferece à criança e ao jovem é algo muito maior e necessário: a sensação de pertencimento e a capacidade de, em meio à adversidade, voltar a sonhar.

 

Para a manutenção de suas atividades, o Instituto Baccarelli conta com os seguintes patrocinadores, distribuídos por categorias. Master: Unilever. Ouro: Cyrela; Prata: Vivo, Volkswagen, Banco Volkswagen;  Bronze: Carrefour, Bradesco, Banco Votorantim, Instituto Votorantim, Magazine Luiza, Hamburg SUD; Apoio: BTG Pactual e Uber.

SOBRE A ORQUESTRA HELIÓPOLIS SINFÔNICA:

A Orquestra Heliópolis Sinfônica (OHS), formação de nível avançado do Instituto Baccarelli, com direção artística de seu maestro titular, Isaac Karabtchevsky, é reconhecida internacionalmente por sua qualidade artística e por promover a prática orquestral e conhecimento de repertório sinfônico aos alunos da instituição. É a única orquestra de toda a América do Sul que teve a oportunidade – e orgulho – de ser regida pelo Maestro Zubin Mehta, patrono do Instituto Baccarelli desde 2005, quando visitou a sua sede e se encantou com o poder da música enquanto ferramenta de transformação social. A versatilidade do grupo permite transitar pelo universo da música de concerto e música popular, mantendo o alto padrão de excelência.

O grupo carrega excelentes bagagens e notórias apresentações, sob a regência de maestros como Zubin Mehta, Peter Gülke, Yutaka Sado, acompanhada de Julian Rachlin, Erik Schumann, Domenico Nordio, Paula Almerares, Jean-Louis Steuerman, Antonio Meneses, Ricardo Castro e de artistas populares consagrados como Ivete Sangalo, Milton Nascimento, João Bosco, Luiz Melodia, Lenine, Paula Lima, Toquinho, Fafá de Belém, Ivan Lins, Daniela Mercury e vários outros.

O grupo já tocou em palcos como a Sala São Paulo, os Theatros Municipais de São Paulo e do Rio de Janeiro, Gasteig (Alemanha) e Muziekgebouw (Holanda), além de ter participado de eventos como o Festival Beethoven (Bonn/Alemanha) e Rock In Rio, com Mike Patton.

Comentários