Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Variedades

Octorama lança EP conceitual. Histórias de superação são contadas em 6 faixas do EP

Formada no ano de 2013 em Paraisópolis-MG, o Octorama vem conquistando o seu espaço no meio musical e ao longo de sua existência possui algumas marcas que merecem destaque, entre elas a abertura do show dos ‘Raimundos’, o 4º lugar no concurso de bandas do ‘João Rock’ em 2014 (sendo escolhida por júri popular entre mais de 1200 bandas). 3º lugar no concurso ‘Showrrasco’ em 2015. Primeiro lugar no ‘Batalha de Bandas’ do Andurah em 2017, sendo escolhida pelo maior número de votos. Abertura do show do ‘Detonautas Roque Clube’ em 2017. Primeiro lugar no concurso de bandas do ‘Federal Fantasy’ em 2018 (maior festa a fantasia do mundo) obtendo mais de 20 mil votos e dividindo o palco com grandes nomes da música brasileira, como Fernando & Sorocaba, Vintage Culture, Atitude 67, entre outros.

Em 2019, a banda deu início aos trabalhos do EP ‘Respirando Novos Ares’, com produção Octorama, gravado no Décima Estúdio, mixagem e masterização no Estúdio Codimuc. O EP conta com 6 faixas, sendo que 5 delas foram lançadas em formato single nas principais plataformas de streaming e cada canção com um clipe no canal da banda no YouTube, além de 2 inéditas, todas elas muito bem trabalhadas, mostrando coerência nas canções e entrosamento entre os músicos, com arranjos bem trabalhados, refrão marcante e letras contemplativas, pois trata-se de um trabalho conceitual, com o intuito de mostrar que podemos sair e superar qualquer situação na vida, por isso o EP recebe este nome. O EP apresenta uma sonoridade pop, balada e rock n’ roll, com influências de Detonautas, Charlie Brown Jr., Cali Rock, CPM 22, Foo Fighters, Red Hot Chili Peppers, Metallica e conta também com a participação do tecladista Marcos Silva e do rapper Cristaniel MC.

EP ‘RESPIRANDO NOVOS ARES’

O EP abre com a canção ‘Nunca é tarde’, que começa com um baixo distorcido, com uma pegada bem pesada pela música toda e levadas que misturam hardcore e reggae, típico de skate music. A letra passa a mensagem de que se quisermos fazer as coisas acontecerem, é preciso sair da zona de conforto. A canção conta com um clipe no canal

da banda no YouTube a atingiu mais de 20 mil views.

‘Buscando sonhos’ é a segunda canção e é uma das inéditas deste EP. Ela segue uma linha harcore melódico, com riffs de guitarra muito bem construídos que se alinham com o baixo e bateria. O solo de guitarra é breve e bem elaborado com sonoridade do guitarrista Thiago Castanho. A letra fala dos medos que impedem as pessoas de irem em busca de seus sonhos. O clipe desta canção foi ao no dia 11/12/20 e está disponível no canal da banda no YouTube.

A terceira canção se chama ‘Tempo de viver’, um som com a levada pop, radiofônica, que começa com dedilhado na guitarra e vai ganhando intensidade ao longo da música. O refrão é bem encorpado, cantada com notas altas e uma extensão vocal no final da faixa. A letra fala da importância em aproveitar a vida de uma forma geral para não viver em vão. O clipe atingiu mais de 53 mil views no canal da banda no YouTube, além de ter sido exibido nos programas ‘Fique Ligado (TV Brasil), ‘Udigrudi (Play TV) e ‘Momento VIP (TV Extremo Sul).

‘Seu cheiro’ é a quarta canção do EP e é uma baladinha romântica que ganhou uma nova roupagem, pois foi lançada em 2009 num projeto anterior ao Octorama. A música começa calminha, com a melodia do refrão feita na guitarra e vocal cantado de forma suave, que aos poucos vai subindo o ritmo para um refrão pesado e agitado. No meio há

uma parte em inglês e o solo de guitarra segue a mesma estrutura do original feito pelo guitarrista Marcos Dias. A letra conta a história de encontros e desencontros vividos por um casal. O clipe atingiu mais de 34 mil views no canal da banda no YouTube e a canção foi executada no programa ‘Autoral da Kiss’ (Kiss FM).

A penúltima canção do EP é ‘Seguindo o coração’ que traz um arranjo dedilhado na guitarra. Alguns efeitos de strings percorrem pela introdução e depois há uma levada hard rock que dá um ritmo mais agitado pra música. A canção conta com a belíssima participação de Cristaniel MC, grande rapper que hoje mora fora do Brasil e está ganhando destaque com seus trabalhos em Budapeste. A letra é intrusiva e fala sobre as decisões que uma pessoa precisa tomar na vida. Com apenas uma semana de lançamento, a canção a entrou para a playlist ‘Pátria Rock (Spotify) que contém mais de 330 mil seguidores, além de ter feito parte da playlist ‘Brasil Rock Show’, ao lado de bandas consagradas como CPM 22, Bula Rock, Pitty e Charlie Brown Jr., entre outras. O clipe atingiu mais de 37 mil views no canal da banda no YouTube.

Para fechar o EP, a última canção se chama ‘Mundo completo’, que é sem dúvida a música mais pesada do EP e é também uma das inéditas. Ela começa na guitarra com o som bem grave, distorcido e com riffs agudos que lembram metal anos 90 e que acompanham todo o vocal, enquanto o baixo e bateria fazem uma levada rápida e pesada. Breve e harmonioso solo de guitarra. A letra fala das pessoas que se perdem na vida e passam por um período de desconforto para então poder se encontrar e viver uma vibe diferente. A canção não possui clipe no YouTube.