Obesidade: epidemia que acarreta diversos tipos de doenças

Quase metade da população brasileira está acima do peso, conforme estimativas

da Organização Mundial da Saúde

 

Carelink tem grupo especial para obesos que visa a auxiliar na conquista
de uma vida mais saudável

 

A obesidade é um problema de saúde pública de caráter mundial e que já pode ser considerada uma epidemia. Conforme estimativas da OMS (Organização Mundial da Saúde), em 2015, cerca de 2,3 bilhões de adultos vão estar com sobrepeso e mais de 700 milhões serão obesos. No Brasil, o Ministério da Saúde informa que quase metade da população está acima do peso.

 

No dia 11 de outubro é comemorado o Dia Nacional de Prevenção da Obesidade, e para a médica especialista em Gestão de Saúde da Carelink, do grupo B2 Saúde, Flávia Marques o assunto é realmente muito preocupante e precisa ser evidenciado. “A obesidade aumenta significativamente o surgimento de diversos tipos de doenças, como diabetes e hipertensão”, afirma. Além disso, ela explica que certas condições de saúde também levam à obesidade, entre elas hereditariedade, disfunções endócrinas e uso contínuo de medicamentos.

 

O que caracteriza a obesidade é o aumento de gordura no organismo, que é classificado pelo IMC (Índice de Massa Corporal) da seguinte forma: de 18 a 24,9 – normal; 25 a 29,9 – sobrepeso e acima de 30 – obesidade. É bom estar atento também à circunferência abdominal: para mulheres 88 cm e homens 102 cm.

 

Prevenir é essencial

“A conta é simples: diariamente é necessário controlar o que é ingerido e o que é gasto, ou seja, reduzir o número de calorias, ter uma alimentação saudável, diminuir gorduras e açúcar, aliados à pratica de atividades físicas no mínimo três vezes por semana, por 30 minutos, são os pontos chaves para fechar a conta com sucesso”, orientou Flávia.

 

A médica destaca que se uma pessoa obesa emagrecer 5% do seu peso corporal inicial, seu organismo já irá sentir os efeitos benéficos, que podem ser comprovados pelos exames laboratoriais.

 

Dentre as dicas habituais para prevenir o ganho de peso, como caminhar mais, ficar menos horas em frente ao computador e televisão, trocar o elevador por escadas, Flávia orienta dormir pelo menos sete horas por noite, mantendo o relógio biológico funcionando adequadamente. “Nosso corpo produz a melatonina, hormônio que induz ao sono na ausência de luz, isso por volta das 21 horas. Entre meia-noite e duas horas da manhã é produzido o hormônio leptina, responsável pelo controle da fome, assim, quando se tem uma noite de sono boa, a tendência é sentir menos fome no dia seguinte”, frisa.

 

Tratamento

Para reverter o quadro de obesidade, a médica reforça que é importante alterar os hábitos de vida em relação a alimentação e atividades físicas. “Para obter saúde com qualidade a pessoa deve ter consciência das opções que escolhe e focar em seus objetivos, o que melhora a autoestima e ainda garante uma repercussão positiva ao longo de um período, afinal, as mudanças devem ser graduais”, diz.

 

Grupo especial

 

Para acompanhar o tratamento de obesos, na Carelink Consultoria em Gestão de Saúde, existe um grupo especial de orientações, avaliações e esclarecimento de dúvidas para cuidar de pessoas que se encontram em vários estágios – sobrepeso, obesidade tipo 1 e 2 e obesidade mórbida.

 

“Temos casos de paciente obesos mórbidos, que faziam uso de medicamentos para tratar colesterol, hipertensão e diabetes que ao reduzirem seus pesos deixaram os medicamentos e voltaram a ter seus exames normais”, conta Flávia. Conforme a gravidade de cada caso, os profissionais da Carelink direcionam o apoio e estão atentos ao andamento do tratamento, para auxiliar na conquista de uma vida mais saudável.

 

Sobre a B2 Saúde

A B2 Saúde está há 15 anos no mercado de gestão de saúde. Hoje, tem como diferencial um software inovador, que aliado a uma equipe de médicos completa e a um call Center eficiente, completam a Carelink, uma empresa do grupo especializada em gestão de riscos, que prevê os custos com a saúde do funcionário com antecedência e intervém de maneira ética no trabalho do médico de forma que o paciente tenha o melhor atendimento de maneira rápida, eficaz e econômica.

 

A B2 Saúde, associada à Carelink, utiliza de todos os recursos necessários, como uma Central de Saúde 24 horas por dia, sete dias da semana, composta por uma equipe completa de profissionais de saúde, como médicos e enfermeiros; acompanhamento de casos e doenças crônicas de funcionários e seus dependentes; avaliação das condições de saúde dos segurados; suporte aos funcionários e dependentes da sua empresa em assuntos relacionados à operadora de saúde; palestras médicas como forma de ação educativa, entre outros serviços.

Comentários

Notícias relacionadas