Nutricionistas da Educação elaboram manual para manipulação de alimentos

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, por meio da Secretaria de Educação, produziu o “Manual de Boas Práticas para Manipulação de Alimentos”. As nutricionistas da rede, profissionais do Setor de Alimentação Escolar, elaboraram o material com intuito de oferecer aos cozinheiros, manipuladores de alimentos e demais funcionários conteúdo com base teórica para padronizar os procedimentos e processos operacionais, desde o recebimento, preparação e distribuição dos alimentos. O objetivo é minimizar ou mesmo evitar os riscos de contaminação.

 

O manual serve como ferramenta de consulta e orientação, além de ser um instrumento legal que visa atender a resolução do Programa Nacional de Alimentação Escolar. As nutricionistas Fabiana Giusti, Juliene Francischini, Luciana Malta e Tatiana Beretta, com a colaboração das estagiárias de nutrição, fizeram um levantamento ponto a ponto das unidades escolares, onde foram observadas as estruturas físicas, instalações e edificações, saneamento, número de funcionários e rotinas do setor. “Ressaltamos que estas rotinas (aplicadas desde o recebimento até a distribuição dos alimentos) são adequadas às normas técnicas estabelecidas por legislações vigentes, como a portaria CVS-5 de abril de 2013, resolução 216 de 2004, entre outras relacionadas ao tema”, disse a nutricionista Fabiana Giusti.

 

A distribuição será de forma pontual, através de abordagem direcionada aos funcionários das cozinhas, com a presença do dirigente de cada unidade. “Existe um projeto de integração deste manual no ato da contratação de novos funcionários, sendo este um documento a ser utilizado como ferramenta de treinamentos periódicos”, comentou Luciana Malta.

 

Na análise da secretária de Educação de Santa Bárbara d’Oeste, Tânia Mara da Silva, o manual facilitará também o trabalho do dirigente, já que serão fornecidos subsídios de como devem ser desempenhadas as funções na área de manipulação de alimentos. “Evitaremos erros durante as etapas de manipulação. Agora temos uma ferramenta de orientação das ações realizadas no setor, bem como, um instrumento de apoio aos novos funcionários”, explicou.

 

Assessoria de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas