Núcleo de Educação Ambiental segue com oficinas para crianças

Até novembro, NEA ministrará palestras a 8 mil alunos

 

O NEA (Núcleo de Educação Ambiental) Fioravante Luiz Angolini, localizado no bairro Caiubi, segue com atividades ambientais em Santa Bárbara d’Oeste. A iniciativa atenderá mais de 8 mil estudantes até novembro desse ano.  As oficinas são planejadas em parceria entre as Secretarias de Meio Ambiente, Educação e Saúde, com presença de pedagogas, engenheiros ambientais, biólogos e médicos veterinários. As oficinas realizadas durante o ano discutiram os temas Semana da Água, Guarda Responsável de Animais Domésticos, PSE (Programa Saúde na Escola), Chico Mendes e Cadeia Alimentar e Resíduos e Dengue.

 

A coordenadora do setor, Gilmânia Paiva, acredita que a educação ambiental é primordial para a construção nas crianças de valores que englobem a sustentabilidade para formação de cidadãos conscientes. “A aceitação do público alvo tem sido excelente, pois as oficinas são direcionadas de acordo com a faixa etária, de forma à chamar a atenção dos alunos”, disse. “Essa bandeira faz parte da gestão atual e visa que a partir da educação formaremos uma geração mais consciente de suas ações e consequências. A importância da ação se estende à comunidade acreditando que os alunos são multiplicadores de saberes”, completou.

 

A oficina desse mês do NEA é intitulada “Bichinhos de Jardim” e contempla a Educação Infantil da rede municipal, sendo levada às escolas. Com o objetivo de ensinar por meio da fantasia e do lúdico, a iniciativa desperta o amor à natureza e conceitos de sustentabilidade. “O NEA acredita na educação ambiental desde o início como forma de assegurar novos valores às gerações futuras”, disse a educadora Renata Cherbo.

 

Renata se veste de fadinha de jardim e num clima de fantasia envolve os pequenos na história: “Vi um bicho genial lá no fundo do quintal”, de Sylvia Roesch. A obra literária fala sobre a função da minhoca no meio ambiente, após a audição da história as crianças tem a oportunidade de observar uma mini composteira onde existem minhocas.

 

As oficinas também foram realizadas para a AMEV (Associação de Melhoria de Vida), no Vista Alegre, e o Grupo de Escoteiros Uirapuru, tendo o objetivo de conscientizar sobre sustentabilidade a sociedade como um todo.  A unidade também funciona como um PEV (Ponto de Entrega Voluntária) de óleo de fritura usado e lixo eletrônico.  O Núcleo de Educação Ambiental fica na Rua Alameda Célio Angolini, 120, Caiubi. Mais informações e agendamento pelo telefone (19) 3454-4310.

 

Foto: Divulgação

Comentários

Notícias relacionadas