Novo perfil do consumidor movimenta o mercado da saudabilidade


Mais exigentes, clientes estão atentos aos rótulos, informações nutricionais, preço, benefícios e valor agregado dos produtos

Empresas apostam em produtos saudáveis e práticos

 

Segundo a pesquisa Nielsen, o ano de 2015 registrou crescimento de 16% na categoria de alimentos saudáveis na América Latina. No Brasil, onde o setor movimenta US$ 35 bilhões ao ano, a venda de comidas e bebidas saudáveis cresceu 98% nos últimos cinco anos. No mesmo período, os produtos tradicionais cresceram 67%.

Exigente, esse consumidor está mais atento aos rótulos, informações nutricionais, preço, benefícios e valor agregado dos produtos. Com tantas mudanças, as empresas precisaram rever os seus posicionamentos e rechearam as prateleiras com opções nutritivas, de qualidade e sabores que agradem a esse novo perfil.

Para o consultor de negócios e professor da IBE-FGV, Alcidney Sentalin, o grande diferencial das empresas que apostam em produtos saudáveis está nos exigentes clientes. “Agradar esse público é uma tarefa cheia de detalhes. Não é um bom encarte publicitário ou uma bela propaganda que vai fazer com que o produto seja sucesso de venda. O resultado é uma combinação de fatores. O item precisa ser economicamente viável para o consumidor, mas também precisa ser vantajoso para a empresa, para que tenha continuidade. Ser funcional e atender às expectativas são os itens essenciais”, alerta o professor.

Ainda segundo Alcidney, o segmento deve crescer cada vez mais, pois a população está ciente dos benefícios desses produtos. “Esse mercado deve estar acima da média dos demais alimentos por uma razão muito simples, a busca pela longevidade. No Brasil, a expectativa de vida aumentou e, com isso, a população passou a zelar ainda mais pela qualidade de vida”, ressaltou.

Nas prateleiras

Antes considerados apenas para atletas, público fitness e acompanhamento nas dietas, hoje, os produtos que se propõem a proporcionar vidas mais saudáveis conquistaram espaço nobre nas prateleiras dos supermercados, lojas especializadas e padarias. Com a crise econômica que abalou o país, muitas empresas se realocaram e encontraram novas oportunidades de crescimento.

Acompanhando as pesquisas e evolução do mercado da saudabilidade, a Ultrapan, empresa localizada em Valinhos, que atua há 25 anos no mercado de bebidas, apostou no poder das frutas e vegetais, além dos investimentos em pesquisas e tecnologia.

Com resultados positivos, a empresa ampliou o portfólio de produtos saudáveis e lançou o Frutaria 100% Integral nos sabores uva e laranja. “Esse suco não possui adição de água, é isento de corante, possui açúcar da própria fruta e não tem conservantes”, ressalta a gerente de marketing da Ultrapan, Vivian Zamoner. Outra aposta é o recém lançado Frutaria Monossabor, que possui alta porcentagem de néctar acrescentando ainda mais aspecto saudável e natural ao suco.

“Esses produtos são isentos de glúten, outra preocupação constante desses consumidores”, destaca a gerente, que reitera que o mercado da saudabilidade deve priorizar pela fabricação de itens saborosos e prazerosos, que mostrem resultados e benefícios na prática. “Os nossos consumidores buscam a satisfação de uma necessidade específica, algo que possa agregar ao estilo de vida mais saudável.”, diz Vivian.

Outro diferencial desse público está no comportamento. Além da busca de um produto saboroso e de qualidade, eles buscam atendimento diferenciado. “O mercado está experimentando um novo segmento de produto e as pesquisas revelam que a aceitação é positiva. Acredito que os investidores desse ramo terão sucesso, pois o crescimento deve continuar nos próximos anos”, finaliza o especialista da IBE-FGV, Alcidney.

 

Comentários

Notícias relacionadas