qua. jan 29th, 2020

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Nova operação contra o Uber apreende mais três veículos em Campinas


Durante nova operação especial conjunta entre Guarda Municipal (GM) e Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), realizada na noite de segunda-feira, dia 1º de fevereiro, mais três veículos que realizavam transporte remunerado clandestino de passageiros foram apreendidos. Desde a última sexta-feira, 29 de janeiro, já são nove veículos recolhidos ao Pátio Municipal, por conta do uso do aplicativo Uber.

A primeira apreensão foi de um Fusion prata, na Avenida José de Souza Campos, mais conhecida como Norte-Sul. A segunda, de um Punto prata, na Rua José Pires Neto. E a terceira, de um Siena preto, na Rua Emílio Ribas.

Os motoristas receberam multa no valor de R$ 3.100,60 e os carros foram recolhidos ao Pátio. Na semana passada, por conta da atitude agressiva, um dos motoristas foi conduzido ao 1º Distrito Policial (DP). No veículo foi encontrada uma “arma branca”.

Apreensões anteriores

Na sexta-feira, 29 de janeiro, foram seis veículos apreendidos: um Azera prata, na região da Maria Monteiro; um Linea chumbo, também na Maria Monteiro; um Corolla preto, na General Osório; um IX35 branco, na Avenida Júlio de Mesquita; um Voyage vermelho, na Coronel Quirino; e um City prata, na Barreto Leme.

Também na sexta-feira, a Emdec disponibilizou um canal direto de comunicação, pelo telefone (19) 3772-1517, que recebe denúncias sobre o Uber. Na segunda-feira, 1º de fevereiro, foi criado um espaço exclusivo no site da Emdec (www.emdec.com.br), para denúncias sobre o transporte clandestino.

Lei

A Lei Municipal nº 13.775 define como clandestino qualquer tipo de transporte individual de passageiros que concorra com o serviço de táxi, sem autorização da Emdec. Nesse caso, as medidas previstas são apreensão do veículo ao Pátio Municipal e multa de mil UFIC’s (Unidade Fiscal do Município de Campinas), o que corresponde a R$ 3.100,60.

A liberação do veículo, do Pátio, também ocorre somente com o prévio pagamento de multas, taxas, despesas com remoção e estadia.

Comentários

Dennis Moraes