Nova Odessa realiza testes rápidos de HIV e Sífilis


Exames ficam prontos em 15 minutos e, em caso de resultado positivo, paciente já é encaminhado para tratamento; Dia Internacional de Luta contra Aids é celebrado em 1º de dezembro

 

No mês em que a luta contra a Aids ganha mais força, a Vigilância Epidemiológica de Nova Odessa realiza testes rápidos de HIV, sigla em inglês do vírus da imunodeficiência humana, causador da Aids, e também da sífilis, doença sexualmente transmissível.

 

Os exames, que ficam prontos em 15 minutos, serão realizados na próxima semana na Vigilância Epidemiológica e também nas cinco UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da cidade.

 

Coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Paula Mestriner explicou que os dois testes são simples e que para sua realização é necessária uma simples gota de sangue.”É um teste bem rápido, semelhante ao de glicemia, em que é furada a ponta do dedo”, explicou.

 

Segundo ela, pessoas que tenham interesse em fazer o exame ou que tenham sofrido alguma exposição que possa ter levado à contaminação devem realizar o teste, não havendo necessidade de pedido médico. “Basta chegar em um dos locais onde é feito o exame com documento de identidade e solicitar atendimento da enfermeira”, disse Paula.

 

“Antes do exame fazemos um aconselhamento, em que falamos sobre as formas de transmissão da doença, os sintomas, período de incubação e outras informações importantes para o paciente. Apenas após estes esclarecimentos é que realizamos o teste”, explicou. “Em 15 minutos o paciente tem o resultado e, se for positivo, ele já recebe todo acolhimento e encaminhamento para tratamento com a infectologista”, continuou a coordenadora.

 

PROGRAME-SE

Confira as datas e horários para realização dos testes rápidos

Local Data Horário
Vigilância Epidemiológica

(Rua Independência, 581, Centro)

30 de novembro a 03 de dezembro Das 8h às 15h
UBS 1 (Avenida Carlos Botelho, 3 – Centro) 01 de dezembro Das 8h às 11h
UBS 2 (Rua São Paulo, 65 – Jd. São Jorge) 03 de dezembro Das 8h às 11h
UBS 3 (Rua Sigesmundo Anderman, 731 – Jd. São Manoel) 03 de dezembro Das 12h às 15h
UBS 4 (Rua Louis Franscescon, 65 – Jd. São Francisco) 01 de dezembro Das 12h às 15h
UBS 5 (Rua das Imbuias, 65 – Jardim Alvorada) 30 de novembro

02 de dezembro

04 de dezembro

Das 8h às 15h

Das 8h às 15h

Das 8h às 15h

 

SAIBA MAIS – O vírus HIV, causador da Aids, pode ser transmitido através do sexo (vaginal, anal ou oral) sem o uso de preservativo, uso da mesma seringa ou agulha contaminada por mais de uma pessoa, transfusão de sangue contaminado com o HIV, instrumentos que furam ou cortam, não esterilizados e ainda da mãe infectada para o filho durante a gestação, parto ou amamentação.

 

Para evitar a doença, basta usar camisinha em todas as relações sexuais e não compartilhar seringa, agulha e outro objeto cortante com outras pessoas. O preservativo (tanto feminino quanto masculino) está disponível gratuitamente na rede pública de saúde.

 

Já a sífilis é uma doença infectocontagiosa, sexualmente transmissível. Ela também pode ser transmitida da mãe para o feto e, se não for tratada precocemente, pode comprometer vários órgãos, causando problemas físicos e mentais na criança. O uso de preservativos durante as relações sexuais é a maneira de prevenir a doença.

 

LUTA CONTRA A AIDS – Dia 1º de dezembro é celebrado o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. A data serve para reforçar a solidariedade, a tolerância, a compaixão e a compreensão com as pessoas infectadas pelo HIV/Aids e também para conscientizar a população sobre a doença.

Comentários

Notícias relacionadas