Nova Odessa: Oscip prepara ações para a Semana do Meio Ambiente


Na semana mais importante do calendário ambiental – de 1 a 7 de junho, o IEMA (Instituto de Educação e Meio Ambiente) preparou ações para conscientizar a população novaodessense, que envolvem seus quatro pilares fundamentais.

As responsabilidades social, ambiental, educacional e cultural estarão presentes em seu curso de empreendedorismo, que antecipará a aula que acontece de quinta-feira para quarta, devido ao feriado de Corpus Christi. Como em 3 de junho é comemorado o Dia Nacional da Educação Ambiental, os alunos vão desenvolver atividades especiais sobre o tema, que resultarão numa exposição cultural que percorrerá a cidade a partir do Dia do Meio Ambiente (05/06).

“O projeto, que já envolve a comunidade de jovens do São Jorge para que ela apresente soluções empreendedoras a partir da crise hídrica do Sistema Cantareira, desta vez, refletirá o Meio Ambiente de forma mais ampla. Os estudantes receberão informações sobre as duas datas e, depois, produzirão caricaturas sobre a problemática ambiental que têm vivenciado. Suas obras, além de ficarem expostas em Nova Odessa, serão inscritas no 42º Salão Internacional de Humor de Piracicaba, que premiará as melhores com até 55 mil reais”, informou a presidente do IEMA e professora do curso, Ana Lúcia Maestrello de Micheli.

Outra ação que promete agitar a população novaodessense nesta semana é a divulgação do município como o primeiro a participar da campanha “Adote uma Árvore”. Segundo seu coordenador, Genaro Santos do Lago, Nova Odessa, que é coautora do projeto desde 2009, tem grandes áreas para reflorestamento que só agora poderão receber árvores adotadas pelos próprios munícipes através do site – www.adoteumaarvore.net.br.

“Vamos plantar as mudas em áreas indicadas pelo Plano de Sustentabilidade Hídrica de Nova Odessa. As espécies nativas – que receberão manutenção por dois anos -, além deixarem este ‘paraíso mais verde’ [a cidade é conhecida popularmente como Paraíso do Verde], contribuirão para a recuperação e conservação de suas nascentes”, ressaltou Lago.

Fundado em 2014, o IEMA promove o Projeto Adote uma Árvore desde a sua certificação como Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), conquistada junto ao Ministério da Justiça em abril deste ano. O título é o primeiro concedido a uma entidade novaodessense

Comentários

Notícias relacionadas