Nova Odessa dobra pontuação e conquista selo VerdeAzul pela primeira vez

Nesta quinta-feira (11/12), Nova Odessa foi certificada com o selo Município VerdeAzul, conferido pelo Governo do Estado de São Paulo às cidades que comprovam boas práticas de gestão ambiental. De 41 pontos conquistados em 2013, Nova Odessa saltou para os 80,78 pontos este ano e, assim, passou a ocupar a 108 posição do Ranking Ambiental Paulista 2014 e pela primeira vez conquista a certificação, que existe desde 2008. Nova Odessa é uma das oito cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas) que conseguiram a certificação.

“Esta é uma imensa conquista para a cidade. No dia do meu aniversário (11/12), este foi um excelente presente, que demonstra o compromisso da Administração Municipal com a preservação e recuperação ambiental”, enfatizou o prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza. “Quando assumi, Nova Odessa ocupava a posição número 293. Hoje estamos no 108º lugar. Isso mostra que trabalho sério dá resultado e estamos muito contentes”, completou.

Lançado em junho de 2007, o Prêmio Município VerdeAzul confere, anualmente, uma nota ambiental aos municípios paulistas, que vai de zero a 100. Para a pontuação, são levados em consideração dez diretivas, em que são avaliadas ações nas áreas de esgoto tratado, resíduos sólidos, biodiversidade, arborização urbana, educação ambiental, cidade sustentável, gestão das águas, qualidade do ar, estrutura ambiental e conselho ambiental.

As cidades com nota acima de 80 pontos recebem o selo Município VerdeAzul, que reconhece a boa gestão ambiental e garante à Prefeitura a prioridade na captação de recursos com o Governo do Estado, por meio do FECOP (Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição).

Para a diretora de Licenciamento e Fiscalização Ambiental de Nova Odessa, Aryhane Massita, o Programa Município Verde Azul é de grande valia. “Ele incentiva o trabalho em equipe e a integração entre os diversos setores da Administração Municipal. Assim, foi possível ampliar a gestão ambiental existente no município com a criação de novos procedimentos, leis, atividades, controle e mitigação dos problemas ambientais. Tudo isso visando colaborar com a preservação ambiental e, consequentemente, com a qualidade de vida da população de Nova Odessa e região”.

Segundo a assessora da Secretaria de Meio Ambiente, Fernanda Dagrela, esta conquista reflete o esforço de todas as secretarias e diretorias municipais e da Coden (Companhia de Desenvolvimento). “Foi um trabalho muito difícil, iniciado em 2013 e intensificado em 2014, que contou com a participação e envolvimento de todos. Vale lembrar que agora temos um novo compromisso: dar continuidade aos trabalhos para mantermos o selo”.

Entre as ações de destaque na área ambiental da cidade estão a implantação do novo modelo de Ecoponto, o fortalecimento da cooperativa de reciclagem, a implantação e ampliação da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Quilombo, que vai elevar para 100% o índice de esgoto tratado na cidade a partir de janeiro e o Plano de Sustentabilidade Hídrica, que trabalha com a recuperação de nascentes e recuperação da mata ciliar, além da criação de leis mais rígidas que preveem punições para quem for flagrado descartando irregularmente ou provocando queimadas, por exemplo.

Veja as classificações de Nova Odessa em todas as edições:

Ano – Posição – Pontuação

2008 – não participou

2009 – 261 – 68,63

2010 – 433 – 41,30

2011 – 322 – 49,14

2012 – 293 – 40,46

2013 – 323 – 41

2014 – 108 – 80,78

 

Assessoria

Comentários

Notícias relacionadas