Nova Odessa: Clube retorna com preparação para JORI


Atletas da Melhor Idade intensificam trabalhos para competição

 

O Clube da Melhor Idade de Nova Odessa retorna as atividades nesta sexta-feira, dia 31, após duas semanas de recesso para reorganização das atividades oferecidas gratuitamente à população. Marcando esta parte inicial do 2º semestre, o Clube está preparando os atletas que disputam a 19ª edição do JORI (Jogos Regionais do Idoso), que ocorre entre os dias 19 e 23 de agosto na cidade de Mogi Guaçu.

Segundo o coordenador do Clube da Melhor Idade, Rogério Mion, a preparação é o foco atual. “É um trabalho do ano todo que estamos enfatizando nesse período”, ressalta. Em 2013, os atletas locais ficaram em 6º lugar na classificação geral na competição disputada em São João da Boa Vista, com 49 pontos. Foram quatro medalhas: três de bronze em malha, truco e buraco, e uma de prata em xadrez.

No ano passado os atletas obtiveram a 10ª posição no ranking geral do JORI disputado em Mogi Guaçu, com 34 pontos. Em 2015 a delegação novaodessense terá 110 pessoas, entre atletas e comissão técnica, competindo nas modalidades atletismo, damas, xadrez, buraco, dominó, tênis de mesa, truco, bocha, coreografia, dança de salão, malha, natação e vôlei.

A professora Carine Piveta explica que, além dos treinos semanais, os atletas disputam amistosos e competições como preparação. “O objetivo principal é o JORI, em melhorar o resultado”, frisa. A turma do vôlei disputa Copinha em etapa realizada na cidade de Bauru e, no próximo dia 5 de agosto, haverá amistoso com Bragança Paulista nas modalidades masculino e feminino A e B (60 e 70 anos), além de jogos de mesa. No dia 13 de agosto haverá reunião com todos os participantes do JORI.

Em seu retorno o Clube da Melhor Idade também traz de volta uma das atividades mais procuradas, o Pilates Adaptado. Serão 300 novos participantes da modalidade que auxilia na flexibilidade e circulação sanguínea, além de melhorar a respiração e a coordenação motora para atividades do cotidiano. “É uma atividade esperada por muita gente”, conclui Rogério Mion.

Comentários

Notícias relacionadas